Idoso atirou em cão porque animal bebeu água dentro da propriedade dele, afirma delegado

Idoso atirou em cão porque animal bebeu água dentro da propriedade dele, afirma delegado
Cachorro foi atendido por veterinários e ficou sob cuidados de uma ONG local

O caso de crueldade contra um cachorro, alvo de disparo de espingarda e arrastado pelas ruas de Rafael Godeiro, ganhou repercussão nesta terça-feira (2) no Rio Grande do Norte. O responsável pelas ações é um idoso de 71 anos, que teria cometido os maus-tratos em razão do animal ter bebido água de uma vasilha que ele tinha colocado para um burro dentro de um terreno dele. O homem foi autuado em flagrante pela Polícia Militar e foi indiciado pela Polícia Civil pelos crimes de porte ilegal de arma de fogo e maus-tratos a animal.

“Segundo consta no procedimento, ele estava criando um burro em seu terreno, havendo uma vasilha de água destinada à hidratação do animal. A principal motivação dos crimes teria sido o fato de o cachorro estar consumindo a água de seu burro, fato este que fez com que ele entrasse em sua residência, pegasse uma espingarda e atirasse contra o animal”, disse o delegado do caso, Matheus Ramalho, da Delegacia de Almino Afonso.

Depois de atirar contra o animal, o homem ainda amarrou uma corda no cachorro e o arrastou em uma moto em via pública da cidade de Rafael Godeiro, no Oeste Potiguar. A ação foi presenciada por moradores da região, que acionaram a PM para prendê-lo e conduzi-lo à delegacia.

Além do indiciamento pelos crimes, a Polícia Civil ainda solicitou a prisão preventiva do idoso. Ele foi encaminhado à Cadeia Pública de Caraúbas

O cachorro sobreviveu aos maus-tratos com ferimentos. O animal foi resgatado por veterinários, está sob cuidados de uma ONG do município e será levado, posteriormente, para Mossoró. Informações sobre o estado de saúde do cão ainda não foram divulgadas.

Fonte: Tribuna do Norte