O cachorro teve ferimentos graves na cabeça e nas costas (Foto: Divulgação)

Cachorro é agredido com golpes de terçado e tutores denunciam vizinho em Manaus, AM

Um cachorro conhecido como Dom, da raça Dogo Argentino e com 6 anos, foi espancado com golpes de terçado na madrugada dessa sexta-feira (15), no bairro Colônia Terra Nova 2, em Manaus. O animal entrou em coma e está internado em uma unidade veterinária da capital. O caso foi registrado na Delegacia Especializada em Crimes Contra o Meio Ambiente e Urbanismo (DEMA).

A tutora do cão, a arquiteta Dominique Beleza, 25, comentou que o crime aconteceu por volta das 3h. O suspeito é um vizinho. “Tudo aconteceu ontem pela madrugada. O meu cachorro conseguiu se soltar e saiu para a rua. O meu outro começou a latir e meu pai foi ver o que estava acontecendo. Nessa hora percebeu que o Dom tinha desaparecido e começou a procurá-lo”, explicou.

Logo depois, o pai de Dominique encontrou o cachorro ensanguentado e jogado na parte de frente de uma casa. “Meu pai saiu de casa na madrugada. Quando estava procurando o Dom, encontrou ele jogado na frente de uma casa todo ensanguentado. Logo foi chamar o vizinho e perguntou o que tinha acontecido. O agressor disse que não tinha mais o que fazer com o animal”, relatou.

Por conta dos golpes de terçado, Dom sofreu ferimentos graves na cabeça e nas costas. “Esse vizinho agrediu o Dom, porque ele estava brigando com o cachorro dele de madrugada. Ele não gostou muito e fez isso. Mas o meu cachorro sempre foi muito dócil. Estamos chocados com toda essa crueldade. Meu pai está com medo de ficar em casa, porque se esse vizinho fez isso como um animal, pode fazer coisa pior com um ser humano”, comentou Dominique.

A arquiteta e a tutora do animal também pediu doações para ajudar o tratamento do Tom na unidade veterinária. “Até o momento não sabemos realmente o quadro dele. Não sabemos se ele vai voltar a andar ou se vai nos reconhecer. Estamos desesperados por não poder ajudar. Meu pai não tem muitas condições e por isso precisamos de ajuda”, completou.

Os interessados pode entrar em contato com Dominique por meio do número: (92) 99275-2866.

Por Amanda Guimarães

Fonte: A Crítica

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.