CastraMóvel será itinerante e atuará gratuitamente em Uberaba (MG), segundo secretário

CastraMóvel será itinerante e atuará gratuitamente em Uberaba (MG), segundo secretário

O secretário de Saúde de Uberaba, Iraci de Souza Neto, revelou ontem o modelo do primeiro CastraMóvel que Uberaba adquiriu através de recursos liberados pelo Ministério Público de Minas Gerais. Segundo Iraci, trata-se do resultado de um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) assinado pelo prefeito Paulo Piau em 2019, em Belo Horizonte, com a intermediação do promotor de Justiça Carlos Valera, coordenador regional das Promotorias de Justiça de Defesa do Meio Ambiente das Bacias do Rio Paranaíba e do Baixo Rio Grande.

“É o resultado de um trabalho que o Ministério Público vem fazendo e com envolvimento da vereadora Denise Max que vem com esse embate há muitos anos com a gente, potencializando as ações de fortalecer o bem-estar animal, através de grandes projetos”, ressalta o secretário de Saúde.

O CastraMóvel vai funcionar em veículo do tipo carretinha-reboque-baú acoplado em automotor. Ele será adaptado para castração gratuita e itinerante de animais de pequeno porte, por profissionais capacitados, dentro do Programa de Manejo Populacional de Cães e Gatos. O secretário Iraci apresentou o modelo e identificação visual, com o brasão do município e do governo federal nas laterais e logo do programa.

Uberaba receberá três CastraMóveis, sendo este o primeiro, cujo recurso foi repassado pelo Ministério Público para a Fundação de Ensino e Pesquisa de Uberaba (Funepu) licitar. Para Uberaba ter acesso ao TAC, o prefeito se comprometeu a colocar em prática um amplo programa de políticas públicas voltadas para o bem-estar animal. Os outros dois CastraMóveis estão em processo de licitação, em processos de compras feitos a partir de emendas dos deputados federais Franco Cartafina e Fred Costa, por intermédio da vereadora Denise Max.

O secretário de Saúde Iraci ressalta, no entanto, que o Mutirão de Castrações, cujo cadastramento aconteceu em janeiro, está suspenso por tempo indeterminado por conta da pandemia de Covid-19, de acordo com as recomendações da Agência Nacional de Vigilância Sanitária e do Ministério da Saúde.

Fonte: Jornal da Manhã Online

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.