Cavalo ficou horas deitado sem conseguir se levantar – imagens Lucio Cassilla

Cavalo usado em cavalhada fica paralítico, é sacrificado e tutor foge

Um cavalo que foi abandonado no final da tarde da noite deste domingo, na altura do número 90, na Avenida Antônio Emídio Rezende,  no Jardim Country Club , em Poços de Caldas (MG), vítima de exaustão terá de ser sacrificado.

De acordo com testemunhas o cavalo estaria participando de uma cavalhada e foi abandonado pelo tutor depois que o animal caiu no chão exausto. A Polícia Militar foi chamada e quando chegou ao local o tutor havia fugido.

Como o cavalo não conseguia se levantar, moradores preocupados com a situação tentaram ajudar. Por volta das 22h o animal foi removido com a ajuda de voluntários e das equipes de veterinária do Centro de Controle de Zoonoses e da PUC Minas.

De acordo com a avaliação conjunta entre as equipes feita no animal na manhã desta segunda-feira, a veterinária do CCZ, Elis Roberti Perlato do Lago,  constatou que o cavalo encontra-se com paralisia das patas traseiras e uma possível lesão na medula.

Diante da grave situação, as equipes do CCZ e do departamento de veterinária da PUC, decidiram que infelizmente, a melhor opção para amenizar o sofrimento do cavalo é a eutanásia.

O caso foi registrado como maus-tratos pela PM e será encaminhado para Polícia Civil apurar.

Por Roni Bispo

Fonte: Poços.com

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.