Centro de Fauna do Tocantins mantém o atendimento de animais silvestres

Centro de Fauna do Tocantins mantém o atendimento de animais silvestres
Foto: Divulgação/CEFAU

Observando as medidas de prevenção ao Covid-19, o Centro de Fauna do Tocantins (Cefau) mantém o atendimento e os cuidados com os animais silvestres, contando com um uma equipe de técnicos que não compõem o grupo de risco e atua em regime de revezamento.

No Cefau, espécies silvestres oriundas de apreensões de tráfico de animais, provenientes de criação ilegal, de entrega voluntária, vítimas de maus-tratos e de atropelamentos são recebidas com a finalidade de reabilitação e posterior reintegração ao seu habitat. Em sua rotina, a equipe do Centro de Fauna realiza campanhas educativas, informativas e de orientação popular.

“O serviço de atendimento dos animais silvestres recebidos no Cefau não pode ser suspenso. O uso de EPI (Equipamento de Proteção Individual) já faz parte da rotina das equipes no manejo desses animais. Atendendo as medidas do Governo identificamos os técnicos que não fazem parte do grupo de risco e adotamos a medida de revezamento”, afirmou Sebastião Albuquerque, presidente do Naturatins.

O gerente de Pesquisa e Informações da Biodiversidade do Naturatins Jorge Leonam da Silva Barbosa disse que, em média, são mantidos mensalmente 150 animais em processo de tratamento ou reabilitação no Centro de Fauna. Segundo Jorge Leonam constam registrados em sistema próprio de controle de fauna que até março deste ano foram recebidos 59 animais silvestres. O gerente destaca que no ano de 2019, o Cefau recebeu um total de 539 espécimes.

O levantamento realizado em 2019 pontua que, desde sua instalação em agosto de 2017, o Cefau recebeu um total de 1.523 espécimes, sendo 82% desse total, aves da fauna silvestre. O documento informa ainda que em 2018, um grupo de 17 araras-canindé (Ara ararauna) alcançou a etapa final do processo de reabilitação, recebeu anilha e foi reintegrado à natureza, na primeira soltura pós-reabilitação do Cefau.

Foto: Divulgação/CEFAU
Foto: Divulgação/CEFAU

CEFAU

O Centro de Fauna do Tocantins (Cefau) foi criado com o objetivo de garantir a proteção da fauna silvestre por meio da operacionalização de ações de assistência e reabilitação aos animais que se encontram em perigo iminente, e de ações socioambientais e educativas que vislumbrem a prevenção da saúde da população e o combate ao tráfico de animais.

Para solicitar atendimento em território tocantinense, entre em contato no telefone (63) 3218.2660/3218.2677, no e-mail fauna@naturatins.to.gov.br e para registro de denúncia utilize o Linha Verde 63 0800 11 55 ou via internet no https://naturatins.to.gov.br/linha-verde/.

Foto: Divulgação/CEFAU
Foto: Divulgação/CEFAU

Por Cleide Veloso

Fonte: Surgiu

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.