‘Dá-lhe um tiro e foge’: youtuber manda matar dirigente de reserva de animais selvagens

‘Dá-lhe um tiro e foge’: youtuber manda matar dirigente de reserva de animais selvagens

Um youtuber, antigo funcionário de um jardim zoológico e ex-candidato a governador do Oklahoma foi condenado esta quarta-feira a 22 anos de prisão por ter contratado um assassino para matar uma fundadora de uma reserva de animais selvagens.

Joseph Allen Maldonado-Passage, de 56 anos, também conhecido nas redes sociais como “Joe Exótico”, tentou encomendar a morte de Carole Baskin, a dirigente da Big Cat Rescue, uma associação que luta contra os maus tratos de felinos.

Carole Baskin criticou várias vezes os vídeos de Joseph com tigres, publicados no Youtube, chamando-os de “crueis” e “inaceitáveis”.

Joseph, que mantém a sua inocência até hoje, foi ainda condenado em abril passado por matar cinco tigres, vender crias de tigres e falsificar registos do jardim zoológico.

Numa publicação no Facebook, Joseph escreveu que espera ansiosamente que os seus advogados entreguem o recurso à sentença.

“Quero sair deste pesadelo. Pode demorar algum tempo, mas vou vencer isto”, escreveu.

At the end of the day they can all claim victory, but there is still the truth out there and the evidence that perjury…

Julkaissut Joseph A Maldonado-Passage Torstaina 30. tammikuuta 2020

A acusação disse que Joseph ofereceu dez mil dólares (cerca de nove mil euros) a um agente infiltrado do FBI para assassinar Carole Baskin durante uma reunião. A conversa entre os dois foi gravada e exibida em tribunal.

Joseph é ouvido a dizer: “segue-a até ao parque de estacionamento, “dá-lhe um tiro e foge”.

Fonte: TVI 24

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.