Foto: Reprodução/Assessoria

Estudantes criam miniempresa para produção de comedouros para animais de rua

A visão empreendedora e a vontade de fazer o bem levaram alunos do 2° e 3° anos do Ensino Médio da Escola Estadual João Carlos Flores, em Campo Grande (MS) a desenvolverem uma mini empresa voltada a criação de comedouros para animais, em especial aqueles que vivem nas ruas.

A miniempresa Pet Food surgiu por meio do Programa Mini empresa, da Junior Achievement, onde jovens de 15 a 17 anos aprendem como gerir um negócio, obter lucro, montar fluxo de caixa, desenvolver ideias e criar bons produtos para comercializar.

O Pracão passou por diversos estudos e adaptações, até chegar ao formato atual, que será vendido a R$ 70 para pet shops ou pessoas interessadas em instalar o comedouro em sua casa ou até mesmo na rua. Confeccionado com tubos de PVC e acoplados em suporte de madeira, é possível manter alimento e água para pets por longos períodos, com reabastecimento e manejo fáceis.

“Percebemos que há muitas pessoas preocupadas com os animais nas ruas e também, muitos tutores que ficam longos períodos fora de casa e se preocupam em manter alimento e água para seu pet Com este produto é possível manter água e ração sem a necessidade de reabastecer várias vezes ao dia e os mantém limpos e conservados”, explica Bianca Kelly, estudante que na miniempresa é diretora de Recursos Humanos.

Durante a trajetória de desenvolvimento do produto, os alunos contaram com apoio de voluntários e empresas que acreditaram no potencial do Pracão. A Sigo Homeopatia Veterinária é uma delas, que apoia os estudantes por meio de patrocínio para a empresa.

“O projeto da miniempresa nos encantou desde o começo, primeiro pela capacitação e estímulo do empreendedorismo em jovens que estão em fase de decisões, oferecendo visão maior de futuro. Outro aspecto que coincidiu com a filosofia de trabalho da Sigo, é o aspecto social. Nossa empresa já atua nessa área por meio do projeto Amigo Sigo, oferecendo suporte a animais de ONG’s e entidades. Por esses motivos apoiamos esta importante e bonita iniciativa dos jovens”, explicou Dra. Mônica.

Além da Sigo, o empresário do ramo alimentício Rafael Flávio e o engenheiro agrônomo Jorge Bezerra Neto incentivaram os estudantes por meio de palestras sobre empreendedorismo, marketing e orientação durante a confecção dos comedouros. A experiência promove uma nova visão aos estudantes que em breve vão ingressar no mercado de trabalho.

“Essa ação cooperativa entre a ONG e a Secretaria Estadual de Educação trabalha o protagonismo juvenil, onde, em 15 jornadas eles compreenderam toda dinâmica de uma empresa, desde o cálculo de produção, marketing e vendas. É uma excelente oportunidade para quem vai entrar no mercado de trabalho”, explica a coordenadora do período matutino da escola, Lidiane Ximenes, que também trabalha no projeto como voluntária.

Após a experiência, a expectativa entre os jovens é grande para um futuro empreendedor. “Para mim foi uma oportunidade única, pois, sempre quis aprender mais sobre administração para ajudar meu pai e um dia gerir uma empresa”, comenta o estudante Davi Gomes, presidente da mini empresa formada pelos jovens.

Integram a empresa Pet Food os alunos Davi Gomes (presidente), Bianca Kelly Pereira (diretora de RH), Lavínia Natasha Moura (diretora de marketing), Gabrielly Ortega (diretora de produção) e Kevin Carneiro (diretor financeiro). Feira de Miniempresas – O resultado deste trabalho será apresentado entre os dias 09 e 11 de agosto, no Shopping Bosque dos Ipês, na XVI Feira de Miniempresa.

Além dos alunos da E.E João Caros Fores, estudantes de outras escolas participantes apresentam seus projetos que neste ano trazem uma proposta ecológica e sustentável, com itens veganos e naturais. Ao todo, 120 jovens de 7 colégios e 7 miniempresas participam da feira, que inicia às 19h na sexta-feira (9) e no sábado e domingo (dias 10 e 11) acontece das 10h às 22h.

Fonte: Top Mídia News

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.