Montanhista salva cão preso em paredão de pedra: 'Não conseguia dormir sabendo que ele estava lá'

Montanhista salva cão preso em paredão de pedra: ‘Não conseguia dormir sabendo que ele estava lá’

Um montanhista salvou um cachorro que ficou preso por oito dias em um paredão de pedra no Morro da Fazenda da Laje, em Nova Friburgo, na Região Serrana do Rio.

Segundo Rosalvo Tavares, o resgate aconteceu na segunda-feira (7) após ele saber do caso por vizinhos da região que ouviam o cachorro chorando e por grupos de mensagens no celular.

“Eu não estava conseguindo dormir sabendo que ele estava lá”, contou.

Os moradores o chamaram no domingo (6), pois Rosalvo já é conhecido na região por fazer trilhas e resgatar animais. Ele contou que passou a noite estudando como chegar até o local.

“Fui buscá-lo às 5h e o encontrei às 12h. A gente só voltou às 17h. Eu não sei a distância exata de onde parti até onde o encontrei”, disse.

Vídeo: Montanhista subiu a montanha e resgatou o cachorro: ‘não estava conseguindo dormir sabendo que ele estava lá’

Rosalvo disse que enfrentou dificuldades para chegar até o cão, porque o local é de mata fechada. Ele disse que foi amassando o mato para abrir caminho.

“O que me motivou foi amor no coração. Ele podia morrer sem socorro, não tinha como ele sair dali sozinho, ou seja, era alguém que estava precisando de ajuda”, afirmou.

Rosalvo não mediu esforços para resgatar o cachorro. — Foto: Rosalvo Tavares/Arquivo pessoal

De acordo com o montanhista, durante o resgate, que durou cerca de 12 horas, estava muito calor e ele ficou com medo de não ter água suficiente.

“Boa parte de toda água foi ele [o cachorro] que bebeu. Encontrei duas pessoas que estavam subindo a montanha e me arrumaram mais água. O resgate foi um alívio! Sensação de ter feito a coisa mais maravilhosa, mais fantástica do mundo”, disse.

E enquanto o dono não aparece, Bruto está recebendo todo carinho do montanhista que não mediu esforços para resgatá-lo.

Fonte: G1

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.