Orelha, cão comunitário de Itajaí (SC), morre envenenado

Orelha, cão comunitário de Itajaí (SC), morre envenenado
Orelha era o cachorro comunitário da Praia Brava. – Foto: Instagram/Alicrésia Darago

Moradores da Praia Brava, em Itajaí, estão organizando uma manifestação pacífica pedindo justiça para Orelha, o cãozinho comunitário do bairro, na próxima quinta-feira (24). Ele morreu envenenado na manhã da última terça-feira (22).

Já no domingo (27), haverá uma carreata, da Praia Brava e até a frente da prefeitura de Itajaí pedindo providências contra os maus tratos aos animais.

Segundo Daniela Dumke, moradora do bairro e uma das responsáveis por Orelha, o cãozinho estava na Brava há cerca de um ano e meio. “Ele tinha identificação de cão comunitário. Todo mundo conhecia ele aqui na Brava”, conta.

View this post on Instagram

. Oooo marzãaaaooo 😎🏖

A post shared by Orelha da Brava (@orelhadabrava) on

Orelha tinha as vacinas em dia e também era castrado. Daniela conseguiu até banhos semanais para ele em um petshop. “Ele era muito amado, mas tinha algumas pessoas que não gostavam dele, por ser um cão se rua”, explica.

Daniela conta que algumas pessoas chegaram a ameaçar “dar um fim” em Orelha. “A gente nunca imaginou que alguém poderia fazer mesmo isso”, finaliza.

Ele costumava passear junto com Berlim, o cachorro comunitário de Balneário Camboriú. Segundo moradores, eles estavam juntos no dia em que Orelha morreu. Berlim foi encontrado no Morro do Careca e está bem.

Projeto de lei prevê aumento da pena para quem maltratar animais

O projeto de lei 1.095 de 2019 prevê aumento da pena para quem abusar, maltratar, ferir ou mutilar animais silvestres, domésticos ou domesticados, nativos ou exóticos.

Atualmente, a pena para quem praticar esses atos é de detenção de três meses a um ano, e multa. Pelo projeto, a pena aumenta para reclusão de um a quatro anos, e multa. O projeto está no Senado Federal.

Por Kassia Salles 

Fonte: ND Mais 

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.