Maus-tratos contra animais: seis cavalos foram baleados e cinco morreram em Valença, RJ

Seis cavalos foram baleados e cinco morreram em Valença, RJ

Os casos de maus-tratos a animais tem aumentado em Valença, RJ. Mais de seis cavalos foram baleados e cinco morreram este ano.

VÍDEO: Maus-tratos a animais: seis cavalos foram baleados e cinco morreram em Valença

Uma égua socorrida na Faculdade de Veterinária após levar um tiro, foi a única sobrevivente de uma série de atentados contra equinos na cidade. Ela teve que passar por uma cirurgia para retirar a bala de uma das pernas, outros cinco animais morreram assassinados a tiros em menos de uma semana.

“A pessoa que está atirando, com certeza sabe atirar, porque está visando cavidades fundamentais para a vida do animal, torácica, abdominal, são órgãos vitais e que uma vez perfurados, não tem como salvar o animal”, explicou o veterinário Junio Marcos.

De acordo com testemunhas, os tiros são disparados por pessoas que passam em automóveis, os atentados ocorrem tarde da noite ou de madrugada. Muitas pessoas tentam manter o hábito de montar a cavalo, mas sem ter condições de tratar dos animais ou ter onde deixá-los confinados.

O alvo do atirador são animais que têm tutores mas são deixados soltos e costumam até mesmo andar por avenidas de grande circulação de veículos.

No início de abril, um jovem de 25 anos morreu após desviar de um cavalo. Ele ia de moto do trabalho para a faculdade que cursava a noite e no meio do ano, terminaria o curso de engenharia de produção. A irmã da vítima, Maria de Francia, vive a tristeza do luto pela morte do irmão. Ela condena a ação de quem mata os animais e aponta outras soluções para evitar acidentes como o que provocou a morte do rapaz.

” A questão é você querer ter responsabilidade enquanto proprietário e que as autoridades e o município tome uma atitude em relação para isso, porque realmente a minha perda é irreparável mas eu espero sim de fato, que seja tomada uma atitude”, relata Maria.

Em nota, a prefeitura de Valença informou que quando a denúncia é feita, a Guarda Municipal é acionada para tomar as medidas necessárias. O número para denunciar casos de maus tratos a animais é o 2452-8650. A produção do RJTV tentou entrar em contato por telefone e por e-mail com o DER (Departamento de Estradas de Rodagem), responsável pela RJ-145, onde aconteceram alguns casos, mas não obteve retorno.

Fonte: G1

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.