Batalhão Ambiental apreende 33 pássaros e aplica multa de R$ 17 mil em Cabedelo (PB); veja vídeo

291

Trinta e três pássaros e um tatu-bola foram aprendidos em mais uma operação do Batalhão Ambiental (BPAmb). A ação aconteceu na tarde desta quarta-feira (20) depois que a polícia recebeu uma denúncia anônima de que um homem estava criando os animais no bairro de Intermeares, em Cabedelo. O acusado pelo crime foi preso em flagrante.

O major Lucas, comandante do Batalhão Ambiental, explicou que as aves, sendo 29 canários da terra, 2 papas – capim, 1 chorão e 1 galo de campina, estavam num viveiro existente no quintal da casa de Edvaldo Guilherme dos Santos, 34 anos. A ser interrogado, ele afirmou que está desempregado e não tinha licença ambiental para a posse dos animais.

O homem foi incurso no artigo 29 da lei 9.605/98, que tem pena de seis meses a um ano de detenção, e ainda recebeu uma multa no valor de R$ 17 mil, ou seja, 500 reais por cada animal que estava em posse do suspeito, conforme o artigo 24 do Decreto Federal 6.514/08, que prevê as sanções administrativas em caso de crime ambiental.

Major Lucas, destacou a importância da participação da população no combate aos crimes ambientais por meio de denúncias, mesmo que sejam feitas anonimamente para o telefone 190, ou para o Batalhão Ambiental por meio do número 3218.7222.
As aves foram levadas para o Centro de Triagem de Animais Silvestres (CETAS), onde serão avaliadas para possível reinserção em seu habitat natural, já o tatu será enterrado em local adequado.

Batalhão Ambiental apreende 33 pássaros e aplica multa de R$ 17 mil em Cabedelo (PB); veja vídeo

Fonte: Paraiba.com.br

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.