John And Penny/Shutterstock

Após anos de investigações, comércio e organizações de padrões alimentares cortam laços com fazenda cruel de porcos

A organização Viva! tem investigado a Hogwood Farms, na Inglaterra, há três anos consecutivos. Ela tem feito o trabalho duro de entrar e ver a crueldade pessoalmente para compartilhar com o mundo, com a esperança de fazer a diferença. Finalmente, depois de todo o sofrimento animal que testemunhou, as coisas estão mudando para melhor. A cruel Hogwood Farms está perdendo negócios conforme a rede popular de mercearias Tesco e a organização de padrões alimentares Red Tractor cortaram os laços com a fazenda.

A investigação minuciosa da Viva!, executada com gravações como prova, encontrou “superlotação extrema; mutilação rotineira; gaiolas cruéis de gestação; porcos doentes e moribundos abandonados em corredores; os mortos deixados para apodrecer entre os vivos; lacerações dolorosas de agressões brutais e canibalismo vivo” na Hogwood Farm, em Warwickshire.

Aviso: o vídeo abaixo contém violência explícita que pode ser desagradável para a maioria dos espectadores.

Pelo terceiro ano consecutivo, a Viva! retornou a Hogwood este ano para reunir mais provas e continuar lembrando ao mundo o sofrimento dos pobres e inocentes porcos dessa fazenda cruel que estão sofrendo imensamente. Desta vez, as descobertas não puderam ser ignoradas. O fornecedor Red Tractor suspendeu a certificação da fazenda e a cadeia de mercearias Tesco abandonou a fazenda imediatamente.

A crueldade em Hogwood Farms era tão horrível que a Viva! A apelidou de “fazenda dos horrores”. As filmagens secretas deste ano também mostram “leitões serem chutados e jogados por trabalhadores da fazenda, porcos aterrorizados atingidos com metais e ferramentas manuais, porcos confinados serem injetados dolorosamente e porcos mortos jogados em pilhas de decomposição. De forma chocante, os porcos ainda eram brutalmente mordidos e intimidados por outros, incapazes de escapar dos ataques constantes”.

É ótimo que as cadeias de supermercados e as organizações de padrões alimentares estejam chocadas com esses horrores e se posicionem, mas a verdade é que as vidas de todos os porcos nas fazendas estão cheias de sofrimento.

Se você gostaria de ver a extremidade de sua dor e o quanto suas vidas são diferentes quando são cuidadas, assista ao vídeo de The Heartwarming Legacy of Julia, the Rescued Pig!

Por Sharon Vega / Tradução de Ana Carolina Figueiredo

Fonte: One Green Planet


Nota do Olhar Animal: A violência revelada nesta matéria é terrível e inaceitável, mas é apenas um AGRAVANTE em relação à violação maior, naturalizada pela indústria frigorífica e aceita por muitas pessoas, que é o ABATE em si. O sofrimento imposto cotidianamente aos animais nas “linhas de produção” de carne não é menos repulsivo e imoral do que a violação do principal interesses dos animais, que é o interesse em viver.

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.