Cães com sinais de maus-tratos são resgatados por ONG no Salvador Lyra. FOTO: REPRODUÇÃO/INSTAGRAM

Cachorros são resgatados com sinais graves de maus-tratos no Salvador Lyra, em Maceió

Dois cães com sinais severos de maus-tratos e abandono foram resgatados em uma residência no conjunto Salvador Lyra, em Maceió, nessa terça-feira (3). O caso chegou até a Ordem dos Advogados do Brasil, seccional Alagoas (OAB/AL), que acionou a ONG Pata Amada para fazer o resgate.

De acordo com relatos, os animais sofriam maus-tratos há, pelo menos, três meses, mas a situação piorou desde que os donos se mudaram e deixaram os animais abandonados na residência .

“O dono dos animais se mudou desde sábado, porém, de acordo com o relato, já havia um estado de negligência com esses cães há mais de três meses. E, para chegar ao estado em que eles se encontram, realmente é preciso muita desassistência e muita negligência”, afirmou Rosana Jambo, presidente da comissão de Bem Estar Animal da OAB.

Os responsáveis pelos cachorros já foram notificados. O caso será encaminhado para à polícia.

“Eles foram notificados e, inclusive, vai ter uma audiência na OAB e também vou encaminhar o caso à polícia. Toda ação ou omissão, voluntária ou não, ou seja, culposa ou dolosa, e, no caso dele foi intencional, caracteriza maus-tratos. A pena é de três meses a um ano de detenção e multa”, explica a presidente.

Segundo o veterinário que atendeu os animais, os cães devem ter 2 anos e vão ficar internados por alguns dias.

“Essa cadela chegou com o peso de 6,8 kg. Ela, no mínimo, deveria ter o dobro do peso. É uma cadela que não está magra, ela já está caquética, com perda de massa muscular acentuada. Os cães vão ficar sob os cuidados que a gente julga necessário para trazer esse animal a uma condição de vida adequada”, disse o médico Bruno Eduardo Abreu;

Os cachorros devem seguir para a sede da ONG Pata Amada, depois que tiverem alta. “Após a alta médica, nós vamos levar para a sede da ONG para continuar o tratamento. A ideia é que, depois de saudáveis, castrados e vacinados, nós procuremos uma família, para que eles sejam felizes de verdade ” afirmou Mylene Leite, presidente da ONG.

View this post on Instagram

Hoje foi um dia difícil pra nós 😢 Mesmo ao longo dos anos, presenciando todo tipo de violência e maus-tratos, ficamos extremamente CHOCADOS com a situação dos animais que resgatamos. . Fomos acionados pela Comissão de Bem-estar Animal da OAB/AL, pela Dra. @rosanajamboadv, para dar suporte ao resgate. Se trata de um casal de cães, que passava fome e todo tipo de restrição, trancados numa casa. O dono se mudou e os deixou pra morrer 😓 . Eles estão internados, Amora pesando a METADE do seu peso normal, desidratada. Ele, o Cacau, baixíssimo peso. Passaram por exames, tomaram fortificantes e comeram MUITO. . Ainda não sabemos o custo desse resgate, mas temos consciência de que será uma longa recuperação e de muitos gastos. Pode nos ajudar? . COMO AJUDAR O GRUPO PATA AMADA? . . ✅Cartão ou dinheiro PagSeguro ou Paypal: [email protected] . ✅ Ou através das nossas contas: . 🐾 CAIXA ECONÔMICA Ag. 3728 Operação: 003 Conta: 0684-0 . . 🐾 BANCO DO BRASIL Ag. 3186-0 Conta: 36010-4 #RespetoAosAnimais #Resgate #Abandono #maustratosécrime #maustratos #violencia #respeito #causaanimal #caes

A post shared by Grupo Pata Amada 🐾🐕🐈 (@grupopataamada) on

Por Tatianne Brandão

Fonte: Gazetaweb

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.