Coleiras identificam animais de rua em Sapucaia do Sul, RS

Coleiras identificam animais de rua em Sapucaia do Sul, RS

Em apenas três meses, 200 coleiras fluorescentes já foram colocadas em cães e gatos de rua, em Sapucaia do Sul. O projeto “Coleira Fluorescente”, desenvolvido pelo grupo independente Simpatizantes da Causa Animal (Simca), que inicialmente visava chamar atenção de motoristas para evitar o atropelamento de animais, tomou proporções maiores. A coleira, parte fluorescente e parte reflexiva (para a noite), carrega um número que identifica o animal.

Uma das idealizadoras da ação, a estudante de veterinária Grasiela Centeno, 39 anos, conta que o foco inicial era auxiliar na visibilidade dos animais, especialmente à noite. “Agora, o grupo consegue intermediar para a adoção”, disse.

A empresária Lair Steffen, 49, explica que a numeração consta se macho ou fêmea, castrado ou não, cor, porte, tipo de pelo e em qual rua/bairro ele costuma ficar. “Desta forma, quando querem adotar, sabemos onde encontrá-lo”. A identificação também permite parcerias com clínicas da cidade para castrar, prioritariamente, as fêmeas. Interessados em participar, entrar em contato pelo e-mail: [email protected]

Por Fernanda Bassôa

Fonte: Correio do Povo

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.