Jovem joga gato em direção à cachorro rotweiller em Sorocaba — Foto: Reprodução

MP abre inquérito para investigar jovem que jogou gata em direção a rottweiller em Sorocaba, SP; vídeo

O Ministério Público abriu um inquérito civil para investigar a jovem de 20 anos que foi flagrada por uma câmera de segurança jogando uma gata em um rottweiler, em Sorocaba (SP).

Imagens de câmera de segurança flagraram o momento em que a jovem joga a gata em direção ao cachorro na segunda-feira (22). Segundo a testemunha que enviou as imagens à TV TEM, o caso aconteceu por volta das 18h na Alameda dos Antúrios, Jardim Simus. (Assista ao vídeo abaixo)

De acordo com o promotor Jorge Alberto Marum, o MP teve conhecimento do caso por reportagens e redes sociais, e abriu o procedimento independente da responsabilidade criminal.

“O inquérito civil serve para instruir uma ação civil de indenização à comunidade. É independente do inquérito policial, que serve para a responsabilidade criminal”, disse ao G1.

VÍDEO mostra jovem jogando gato em direção a cachorro em Sorocaba

Inquérito policial

Ela e a tutora do animal prestaram depoimento no 2º Distrito Policial na quinta-feira (25) e sexta-feira (26). A jovem, de 20 anos, alegou que está arrependida, e queria assustar o namorado, segundo a polícia.

De acordo com o delegado Mário Ayres, responsável pelo caso, ela é moradora do bairro onde estava a gata e foi identificada pelas imagens do circuito e também por testemunhas. Durante as oitivas, ela pediu desculpas para a tutora do animal.

Ainda de acordo com o delegado, o inquérito foi finalizado como maus-tratos e será encaminhado para o Poder Judiciário”, afirmou.

A pena para crimes como estes pode variar de um mês a um ano de de prisão, de acordo com o Artigo 32 da Lei de Crimes Ambientais.

‘É muita maldade’
Tutora de gata jogada por jovem em frente a cachorro se diz revoltada — Foto: Regina Santos Ferreira de Almeida/Arquivo Pessoal
Tutora de gata jogada por jovem em frente a cachorro se diz revoltada — Foto: Regina Santos Ferreira de Almeida/Arquivo Pessoal

Ao G1, a tutora afirmou que identificou seu animal de estimação após divulgação das imagens, e que ficou revoltada.

“Meu estado emocional está abaladíssimo. Só Deus sabe o que ela faz com outros animais, porque não respeita nem os bichos dos outros. Mas meus bichos são meus filhos e eu vou defender minha filha”, conta a advogada Regina Santos de Almeida.

“A criação dessa menina é péssima. Se o cachorro pega teria estraçalhado a Bela. É muita maldade”, lamenta.

Flagrante

O caso aconteceu por volta das 18h, na Alameda dos Antúrios. Nas imagens é possível ver dois jovens caminhando com um cachorro na rua.

A mulher vê o gato na calçada, para, faz carinho na cabeça dele e pega o animal no colo. Alguns passos depois, ela atira o gato em direção ao cachorro, que seria da raça rottweiler.

É possível ver ainda que o cão avança em direção ao gato, mas é segurado pelo rapaz enquanto o gato foge. O cachorro quase arrasta o rapaz e eles seguem andando na rua.

Por Carlos Dias, G1 Sorocaba e Jundiaí

Fonte: G1

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.