ONG precisa de auxílio para manter proteção de animais em Aracaju, SE

ONG precisa de auxílio para manter proteção de animais em Aracaju, SE

A Associação Defensora dos Animais São Francisco de Assis (Adasfa) precisa de auxílio para manter os trabalhos de abrigo, alimentação e tratamentos de cães e gatos resgatados das ruas de Aracaju.

A Adasfa, que atualmente abriga 700 animais, tem dificuldades para arcar os gastos necessários à manutenção do abrigo e ao tratamento dos animais. “Temos gastos fixos com ração, arroz, carcaça, material de limpeza, botijões de gás, água, luz e os salários de três funcionários. Além disso, precisamos pagar as dívidas com as clínicas veterinárias para onde levamos os animais que precisam de tratamento. Apesar dos descontos que ganhamos, essas dívidas chegam a somar R$ 3 mil”, detalha Alda Rodrigues, vice-presidente da Adasfa.

O abrigo funciona em local cedido e sobrevive somente de doações. “As pessoas podem nos ajudar doando água sanitária, detergente, sabão em pó, vassoura, rodo, lençóis velhos, fraldas descartáveis infantis nos tamanhos G ou XG, além de ração e arroz /patê de cachorro”, explica.

Há também a opção de ajudar a Adasfa na regularização das dívidas junto às clínicas veterinárias. Para isso, basta transferir ou depositar qualquer valor nas seguintes contas: Agência 014 Tipo 03 Conta Corrente 128. 918-3 (Banese) e Agência 0654 Operação 013 Conta Poupança 135-8. O CNPJ da Adasfa é 07.173.074/0001-79

A Adasfa está localizada na avenida Canal Santa Maria, nº 446, bairro Santa Maria. Informações pode ser obtidas por meio do telefone 9 9867 3222. Nas rede sociais, procure Adasfa pelos Animais.

Por Verlane Estácio

Fonte: Infonet

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.