Pesquisadores encontram toninhas mortas na Praia do Mar Grosso, em São José do Norte, RS

Pesquisadores encontram toninhas mortas na Praia do Mar Grosso, em São José do Norte, RS

Pesquisadores encontraram três toninhas mortas durante monitoramento na Praia do Mar Grosso, em São José do Norte, no Sul do estado. Na análise dos animais, eles descobriram que uma delas era fêmea, estava grávida e o filhote também não sobreviveu. A toninha é uma espécie de golfinho que vive o ano inteiro no litoral gaúcho, mas costuma aparecer mais nas proximidades das praias nos períodos de verão e primavera.

O monitoramento é feito semanalmente por especialistas do Laboratório de Ecologia e Conservação da Megafauna Marinha da Universidade Federal do Rio Grande (Furg). Este último ocorreu na terça-feira (2). A extensão das análises vai do Chuí até a Lagoa do Peixe, entre Tavares e Mostardas.

De janeiro a maio deste ano, em todo o Litoral Sul, foram encontradas 114 toninhas mortas, em sua maioria fêmeas adultas.

Vídeo: 114 toninhas são encontradas mortas no litoral gaúcho em 2019.

De acordo com a pesquisadora e bióloga Danielle da Silveira Monteiro, a principal causa de mortalidade é a captura acidental durante a pesca de emalhe (aparelho de pesca) no Rio Grande do Sul. No entanto, os animais encontrados na terça não tinham sinais externos de redes de pesca. As carcaças das toninhas estavam em elevado grau de decomposição.

As causas das mortes serão investigadas pelo grupo, que busca junto com os pescadores soluções para diminuir a mortalidade, sem inviabilizar a atividade pesqueira. A orientação para a população que encontrar algum animal na praia é avisar o laboratório da Furg.

Pesquisadores fazem monitoramento semanal nas praias. — Foto: Laboratório de Ecologia e Conservação da Megafauna Marinha da Furg

Fonte: G1

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.