Tartaruga é resgatada após ser encontrada oleada no Pontal de Coruripe, em Alagoas

Tartaruga é resgatada após ser encontrada oleada no Pontal de Coruripe, em Alagoas

Uma tartaruga marinha foi encontrada oleada na praia de Pontal de Coruripe, no Litoral Sul de Alagoas, no final da tarde de domingo, 06. O animal foi atingido pela mancha de óleo que se espalha no Litoral do Nordeste desde o início de setembro.

Segundo informações do Instituto Biota de Conservação, uma equipe do Ibama ficou responsável de atender a tartaruga-oliva fêmea. O animal segue em tratamento para depois ser devolvido ao seu habitat.

As manchas de óleo que aparecem nas praias nordestinas já estão sendo investigadas pela Polícia Federal e pelo Ministério Público. O material já foi identificado como petróleo cru, mas ainda não se sabe a origem.

Casos em Alagoas

Um extensa mancha de óleo foi avistada na areia da praia de Lagoa do Pau, também em Coruripe, na tarde de ontem. O local é usado por tartarugas para a desova. Banhistas que estavam no local foram orientados a deixar o mar e a se afastar do resíduo. Um grupo tentou retirar o material com pás e sacos de nylon, mas sem sucesso. Equipes do Ibama e da Marinha foram acionadas.

No dia anterior, moradores da região do Pontal do Peba, em Piaçabuçu, também registraram manchas de óleo na praia. Tratores foram enviados pela Prefeitura para remover o material da areia. O serviço teve início no domingo.

De acordo com o Ibama, num mapa que monitora áreas com localidades oleadas, foram afetadas em Alagoas praias das cidades de Piaçabuçu, Coruripe, Roteiro, Barra de São Miguel, Marechal Deodoro, Maceió, Paripueira, Barra de Santo Antônio, Passo de Camaragibe e Japaratinga.

Quem flagrar manchas de óleo em praias de Alagoas pode entrar em contato com o Biota pelo Whatsapp (9 9115-2944). O instituto deve informar o fato para o Ibama e para a Marinha, que tomam os procedimentos cabíveis. O Biota também orienta a população a fazer fotos e filmagens, e sempre dizer a data e o local em que a mancha surgiu durante a gravação dos vídeos.

Fonte: TNH1

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.