Três pessoas são presas por caça ilegal no interior de MG durante o Carnaval

Três pessoas são presas por caça ilegal no interior de MG durante o Carnaval
Polícia realizou a operação durante o período de folia — Foto: Divulgação / PMMG

Três pessoas foram presas suspeitas dos crimes de caça e de captura de animais silvestres durante a Operação Carnaval, realizada entre a sexta-feira (9 de fevereiro) e a terça-feira (13), na região do Rio Doce, em Minas Gerais. As prisões foram nas cidades de Ponte Nova, Raul Soares e São Pedro dos Ferros.

De acordo com a Polícia Militar de Meio Ambiente, os militares perceberam irregularidades durante o patrulhamento em balneários e em áreas de preservação ambiental. As equipes estavam nestes locais a fim de garantir a segurança de quem decidiu passar os dias de Carnaval junto ao meio ambiente.

Durante a operação, além dos presos, os militares conseguiram apreender armas de fogo, munições para caça, como apitos para atração de animais silvestres e até luneta óptica para aperfeiçoamento da mira. Além da captura dos animais, os investigados são suspeitos de desmatar áreas de preservação ambiental.

Em uma das ações, feita em uma fazenda na zona rural de Raul Soares, dois moradores foram abordados suspeitos da prática do crime de caça a animais silvestres. No local, os policiais apreenderam pássaros, que estavam sendo mantidos em cativeiros. O espaço foi descoberto após denúncias de vizinhos.

Todos os presos foram conduzidos para a delegacia, onde prestaram depoimentos. Os casos serão investigados pela Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG).

Fonte: O Tempo

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.