Vereadora de Araxá (MG) é acusada de maus-tratos aos animais

Vereadora de Araxá (MG) é acusada de maus-tratos aos animais

Nesta terça-feira, (03), foi realizada em conjunto com a vigilância sanitária e a Polícia Millitar do Meio Ambiente uma fiscalização no Canil Lar Castelha, mantido pela vereadora Fernanda Castelha. Denúncias de maus tratos e imagens de cães mutilados ensejaram a fiscalização do local para averiguar se as imagens divulgadas dos animais em condições absurdas correspondem às condições do canil.

O Tenente da Polícia Militar do Meio Ambiente, Diego, relatou que foram impedidos de entrar no canil por uma funcionária que cuida dos animais e portava a chave. A cuidadora dos cães obstou a fiscalização ambiental e foi presa em flagrante. Cobramos explicação da vereadora Fernanda Castelha, tendo em vista que o local se encontra trancado e a fiscalização não pôde ser realizada. Diante de uma possível crueldade como essa devemos cobrar das autoridades competentes que investiguem a situação e punam os responsáveis.

Lembrando que a vereadora Fernanda Castelha foi eleita com o discurso de olhar pelos animais e desempenhar um papel atuante na causa dos animais de rua, inclusive toda a sua campanha eleitoral foi alicerçada no amparo aos animais de rua. Quem não deve, não teme! O jornal A Voz de Araxá se prontifica a ouvir a versão da vereadora, entretanto, a obstrução à fiscalização é um sinal de que algo grave ocorre no local. Crueldade, maus tratos e matança de animais não podem ser normalizadas!

Por Gilson Santos 

Fonte: Jornal A Voz de Araxá

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.