Cadela de patas tortas voou da Grécia para a Inglaterra em um resgate de uma vida

Cadela de patas tortas voou da Grécia para a Inglaterra em um resgate de uma vida

Sandy não é um cachorro típico. Ele foi abandonado pelo proprietário na Grécia desde cedo, provavelmente por causa de sua condição especial: as patas arqueadas, que dificultavam a movimentação, e a posição correta parecia um sonho distante.

No entanto, apesar desses desafios, Sandy permaneceu entusiasmado com a vida e, talvez, como resultado, cativou os corações de muitos amantes de animais a milhares de quilômetros de distância na Inglaterra.

Depois que Mutts in Distress, abrigo de animais com sede na Inglaterra, ouviu sobre a história de Sandy, estabeleceu imediatamente um plano de ação para levá-lo até seu cantinho no mundo para devolver a saúde a Sandy e dar-lhe uma chance de lutar, esperando dar a ele a oportunidade de andar como qualquer outro cachorro.

Com a ajuda de apoiadores generosos, que levantaram centenas de libras, Mutts in Distress conseguiu dar a Sandy o resgate de uma vida.

Depois de passado um ano, em 21 de dezembro de 2013, Sandy finalmente chegou ao abrigo, e a equipe veterinária do Cambridge Beehive Companion Care, que decidiu assumir as operações da perna de Sandy de graça, se apaixonou por ele instantaneamente.

Mas antes que qualquer procedimento pudesse ser feito, Sandy teve que ser examinado para determinar “o quanto suas patas foram afetadas”, como escreve o Mutts in Distress.

Ele estava muito cansado de sua viagem e de todo o atendimento veterinário, adormecendo pouco depois de seu primeiro raio-x terminar.

Felizmente, as radiografias de Sandy mostraram alguma perspectiva, e ele foi programado para a cirurgia na primeira pata apenas um mês depois. Oba!

Todo mundo ficou impressionado com o quão bem sua primeira cirurgia correu…

… Como Sandy saiu com uma pata reta!

De acordo com o Mutts in Distress, o veterinário de Sandy fez um carrinho para ajudá-lo a se locomover, mas, aparentemente, Sandy estaria “determinado a fazer isso sozinho”. Que doce, pequena maravilha!

“Esse garoto é muito feliz, apesar de tudo o que a vida fez com ele. Simplesmente incrível ”, escreve Mutts in Distress.

Algumas semanas após sua primeira cirurgia, Sandy voltou para corrigir a outra pata.

O Mutts in Distress relata que Sandy ficou “um pouco desorientado” após a segunda cirurgia e “agora enfrenta dois meses de cura, incluindo fisioterapia”.

No entanto, todo mundo está mais do que confiante de que ele conseguirá vencer mais uma vez, já que o pequeno Sandy provou ser lutador, recusando-se a não desistir diante das adversidades.

Fotos: Mutts in Distress / Facebook

Para acompanhar a recuperação de Sandy, verifique periodicamente no site Mutts in Distress para atualizações.

Para obter mais artigos sobre animais, vida, comida vegana, saúde e receitas publicados diariamente, não se esqueça de assinar o boletim informativo do One Green Planet!

Ter financiamento público nos dá uma chance maior de continuar fornecendo a você conteúdo de alta qualidade. Por favor, apoie-nos!

Por Kristina Pepelko / Tradução de  Maria Leticia Guerra Machado Coelho

Fonte: One Green Planet

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.