Policiais militares resgatam cadela arremessada na trincheira do Santa Rosa, em Cuiabá, MT

Cadela idosa é jogada de trincheira de 5 metros em Cuiabá (MT), quebra as patas e é resgatada

Na manhã desta sexta-feira (26.06) policiais do 10º Batalhão de Polícia Militar flagraram uma cadela sendo arremessada de cima da trincheira do bairro Santa Rosa, em Cuiabá. Ao se depararem com a cena, de imediato, os policiais pararam o trânsito e resgataram o animal. Os policiais buscaram uma equipe de veterinários para retirar e atender a cadela no local, já que ela estava com ferimentos visivelmente graves. O animal foi encaminhado à uma clínica veterinária em estado grave. A polícia está investigando o caso.

Por volta das 7h30 da manhã, o comandante do 10º BPM tenente coronel Cesar Roveri estava em patrulhamento na região quando ele e mais um policial flagraram um cachorro caindo de cima da trincheira localizada no bairro Santa Rosa. Os policiais ao se depararem com a cena, fizeram o retorno, pararam o trânsito e perceberam que era uma cadela que estava com as patas visivelmente quebradas, sagrando pela boca, com a genital ferida, mas ainda com vida.

De imediato, os militares acionaram um médico veterinário para ir até o local para socorrer o animal. Ainda na trincheira o veterinário aplicou anti-inflamatórios e morfina para aliviar a dor do animal e fazer retirada dela do local.

A cadela batizada pelos policiais de Rosinha já é idosa e está em estado grave na Clínica Veterinária Clube dos Bichos. Sob cuidados médicos e sem dor, os policiais que resgataram o animal esperam descobrir quem arremessou o animal na trincheira e principalmente estão esperançosos de que Rosinha ficará bem.

O tenente-coronel Cesar Roveri que viu o animal sendo arremessado na trincheira diz que a equipe pensou em salvar a cadela que estava muito ferida devido a violenta queda que sofreu.

“Quando olhamos o cachorro caindo no concreto foi triste e desesperador para gente. Não pensamos duas vezes em parar a viatura e socorrer o animal. A Rosinha estava muito machucada, com as patas dianteiras visivelmente quebradas, então agilizamos o socorro para ela. Agora registramos um boletim de ocorrência e contamos com ajuda da população para saber quem praticou esse ato de maldade e covardia com um animal. Maus tratos é crime”, destaca o comandante do 10º BPM.

Os policiais agora torcem para Rosinha ficar bem de saúde e que ela finalmente encontre uma família que lhe der muito amor. “Quando a Rosinha ficar boa, queremos proporcionar a ela uma família adotiva, ninguém deve fazer isso, maltratar as pessoas, os animais. Esperamos dar um final feliz a Rosinha”, conta Roveri.

Quem tiver informações sobre quem jogou o animal pode entrar em contato pelo telefone 3624-1901 do 10º Batalhão de Polícia Militar ou o disque denúncia 0800 65 3939 a ligação é gratuita.

Fotos: PMMT

Por Greyce Lima

Fonte: Polícia Militar de Mato Grosso

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.