Cadelinha alvejada a tiros é adotada; conheça história

Cadelinha alvejada a tiros é adotada; conheça história

Um trágico acontecimento, ocorrido em dezembro do ano passado, evolui para uma história com direito a um desfecho diferente do que tamanha violência poderia causar. Trata-se da história de uma cadelinha comunitária, alvejada com dois tiros: um na testa, que perfurou um olho e saiu pelo outro lado do crânio; e um na costela, que se instalou no úmero.

Para a sorte do animal, a ONG Adote Rio das Ostras realizou o seu resgate, em 28/12/23, às 18h. Imediatamente, a entidade a encaminhou para a clínica Vetline, onde recebeu os devidos cuidados clínicos e cirúrgicos, por meio das mãos do Dr. Hercules Lúcio Gomes.

De acordo com as investigações, ela foi alvejada num percurso de 7 minutos, entre a subida dela na rua, que ocorreu às 16h47, e a descida dela, chegando na loja baleada às 16h55.

Veranistas e tiros para o alto

Alguns vizinhos, que não quiseram se identificar, alegaram ter ouvido disparos de uma casa de veranistas. A princípio, eles estavam atirando com armas de fogo para cima. Dessa forma, persiste a suspeita deste se tratar do provável local de onde tenha saído esses tiros.

O caso está sendo investigado pela 128ª DP.

Restabelecimento

A cadelinha, de nome Japonesa, passou por longa e dolorosa recuperação, mas apesar de tudo teve um final feliz. Já se encontra adotada e em seu novo lar, cercada de muita segurança e amor.

Cadelinha alvejada a tiros é adotada; conheça história

As ONGs desempenham um papel crucial na proteção animal, trabalhando para combater o abuso, promover a conscientização e garantir o bem-estar dos animais.

Cadelinha alvejada a tiros é adotada; conheça história

Elas desempenham funções como resgate, reabilitação e advocacia por políticas que defendam os direitos dos animais. Além disso, educam a comunidade sobre práticas éticas e promovem a coexistência harmoniosa entre humanos e animais.

Ajudando as ONGs de proteção animal

Para ajudar as ONGs de proteção animal, você pode:

  • Doações Financeiras: Contribua com doações monetárias para ajudar nas despesas com cuidados e manutenção.
  • Voluntariado: Ofereça seu tempo e habilidades como voluntário em abrigos ou eventos organizados pela ONG.
  • Divulgação: Compartilhe informações sobre a ONG nas redes sociais para aumentar a conscientização e angariar mais apoio.
  • Adoção Responsável: Considere adotar um animal de um abrigo ao invés de comprar de criadores.
  • Suprimentos: Faça doações de alimentos, brinquedos, roupas e outros suprimentos necessários para os animais.
  • Participação em Campanhas: Junte-se a campanhas de conscientização e defesa dos direitos dos animais promovidas pela ONG.
  • Educação: Participe ou promova programas educacionais sobre o bem-estar animal.

Então, lembre-se: cada pequena contribuição faz a diferença!

Por Patrícia Nunes

Fonte: Folha do Leste

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.