Camisinha é encontrada em ânus de cadela durante procedimento veterinário

Camisinha é encontrada em ânus de cadela durante procedimento veterinário
Preservativo masculino estava no interior da cadela. Reprodução

Um suposto crime de violência contra animal repercutiu nesta quinta-feira (5) e deixou muitas pessoas horrorizadas.

Segundo reportagem do jornal Balanço Geral Ceará, uma cadela foi deixada pelo dono em uma clínica veterinária para realizar um procedimento de castração.

A cirurgia foi bem sucedida e tudo ia bem. Porém, durante o pós-operatório, enquanto a cadela ainda estava na clínica, o médico veterinário notou que o animal expelia um material verde do ânus. Ao examinar, constatou-se que se tratava de uma camisinha masculina.

A própria clínica veterinária denunciou o caso à Polícia Ambiental e o tutor da cadela teve que prestar depoimento.

Apesar da clínica ter feito a denúncia, o tutor se diz inocente e acusa o próprio estabelecimento de ter violentado o animal. Ou seja, ele diz que a camisinha entrou no orifício da cadela enquanto ela estava na clínica.

Veja a matéria completa:

Fonte: Diário Online


Nota do Olhar Animal: A zoofilia é um tipo de exploração animal que causa danos aos bichos e que muitas vezes os leva à morte. Lamentavelmente, este tipo de crime de maus-tratos é subnotificado no Brasil e até mesmo protetores de animais se omitem na divulgação e enfrentamento da questão por motivos moralistas, prejudicando assim os animais. A despeito dos maus-tratos aos animais já serem um crime previsto na legislação brasileira, há um projeto de lei de 2015 tramitando no Câmara Federal que especifica a zoofilia como tal. Este PL porém foi apensado ao PL 7199/2010.

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.