Animal foi encontrado ferido, possivelmente por ação de caçadores — Foto: Corpo de Bombeiros/Divulgação

Corpo de Bombeiros resgata veado ferido por arma de fogo que conseguiu fugir de caça em Montes Claros, MG

O Corpo de Bombeiros resgatou um veado ferido por arma de fogo que conseguiu fugir de uma caça em Montes Claros na manhã desta sexta-feira (29). Segundo os militares, o animal de porte médio se escondeu em um sítio no Bairro Jardim Liberdade, próximo ao Parque Sapucaia.

A guarnição chegou ao local após o dono do sítio acionar os militares. Segundo os bombeiros, o animal silvestre estava com ferimentos nas patas traseiras, possivelmente provocados por disparo de arma de fogo, e marcas de mordidas nas orelhas, feitas por cachorros, o que levou os militares a deduzirem que o veado estava sendo caçado e conseguiu fugir durante a ação.

De acordo com o tenente Diego Prates, os militares utilizaram material de resgate, com uma rede, para capturar o animal. O tenente lembra da importância de acionar o Corpo de Bombeiros numa situação como essa. “Recomenda-se às pessoas que não tentem capturar, nem praticar maus-tratos aos animais silvestres. Elas devem acionar imediatamente o Corpo de Bombeiros para a guarnição fazer a captura correta e entregar aos órgãos específicos”.

Após a captura, o Corpo de Bombeiros acionou a Polícia Militar de Meio Ambiente para rastreamento ao autor do disparo contra o animal silvestre, o que é considerado crime ambiental. O G1 entrou em contato com a assessoria da polícia, mas até a publicação dessa matéria, o órgão afirmou ainda não ter recebido a ocorrência.

O animal foi entregue ao Ibama. Ao G1, o órgão informou que o veado não resistiu aos ferimentos e morreu na tarde desta sexta-feira, por volta das 15h.

Proprietário do sítio acionou o Corpo de Bombeiros para captura — Foto: Corpo de Bombeiros/Divulgação
Proprietário do sítio acionou o Corpo de Bombeiros para captura — Foto: Corpo de Bombeiros/Divulgação

Fonte: G1

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.