Gato sortudo de estar vivo após ser atingido no olho com uma flecha

Aviso: imagens deprimentes do felino encontrado com uma flecha de 10cm alojada em seu crânio na província de Yunnan, no sudoeste da China.

 

Um gato adorável é afortunado de estar vivo depois que foi atingido dentro do seu  olho e do crânio com uma flecha.

O felino foi resgatado pela Associação de Proteção Animal de Kunming Yixin após relatos de um animal ter sido gravemente ferido com uma flecha de 10cm na cidade de Kunming, no sudoeste da China.

Guo Xin, que encontrou o gato, postou um vídeo na mídia social condenando o “p* que fez isso”.

As imagens mostram como a flecha perfurou o olho do gato e ficou alojada profundamente em seu crânio.

O gato foi levado para um veterinário e a flecha foi rapidamente removida em uma operação de uma hora.

O vídeo mostra as grandes ferramentas que foram usadas para cortar a enorme flecha e removê-la cuidadosamente do crânio do gato.

O animal conseguiu sobreviver à operação e pode ser visto recuperando-se de sua ferida com marcas escuras em torno de seu olho esquerdo

O gato estava muito fraco após a operação com o seu coração parando momentaneamente duas vezes após a cirurgia.

Não é claro quem foi o agressor, mas Xin acredita que há um proprietário que não apareceu.

Guo Xin encontrou a pobre criatura gravemente ferida

O gato agora está se recuperando de sua ferida quase fatal.

Ele acrescentou: “nós vamos ajudar o gato a encontrar uma adoção quando estiver totalmente recuperado”

PETA Asia disse em um comunicado: “apenas um covarde abusaria de animais”.

“Nós apreciamos os resgates por ativistas de direitos animais dedicados como Guo Xin”. De acordo com regulamentos chineses as bestas (balestra) são como armas e suas munições pertencem às armas sob controle.

“Comprar, vender e manter “bestas” (balestras) sem permissão é ilegal. Nós esperamos que as testemunhas oculares em Kunming possam fornecer a informação sobre o abusador à polícia de modo que possam ser punidos pela lei”.

Não foram relatadas prisões.

Por Jasper Pickering / Tradução de Fátima C G Maciel

Fonte: Mirror

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.