Homem mata cadela da namorada com pontapé por ela ter “sujado toda a casa”

Homem mata cadela da namorada com pontapé por ela ter “sujado toda a casa”
Cadela ‘Smudge’ foi morta a pontapé.

Um homem de Newcastle, no Reino Unido, foi condenado a uma pena de 19 semanas de prisão depois de ter matado a cadela da namorada a pontapé. Bruce Elliot, de 27 anos, justificou em tribunal o macabro crime com o facto da pequena ‘Smudge’ (‘Mancha’), de raça Jack Russel, ter “sujado a casa toda”.

Bruce Elliot pegou na cadela e levou-a para o parque de estacionamento de um supermercado. Aí, pontapeou a cadela e deixou-a à morte. ‘Smudge’ foi encontrada “já quase sem respirar” por um vizinho de Elliot, que reconheceu a cadelinha. O homem contactou uma associação de proteção dos animais e o vizinho.

Elliot chegou novamente ao parque de estacionamento e levou a cadela para casa, reagindo de forma violenta quando o vizinho lhe sugeriu que o animal devia ser levado a um veterinário.

A associação dos direitos dos animais visitou a casa de Elliot e chamou as autoridades para intervire. ‘Smudge’ foi levada para um hospital veterinário, mas acabou por morrer ainda antes de chegar ao bloco operatório.

O caso motivou a namorada de Bruce, Franchesca Jones, a terminar a relação e a confessar às autoridades que o companheiro era “violento e controlador”. “Era a minha pequenina, da minha família. É horrível que isto tenha acontecido, tem sido muito difícil recuperar”, disse a dona de ‘Smudge’, que assume ter considerado a condenação do ex-namorado “justa”.

Por Pedro Zagacho Gonçalves

Fonte: Correio da Manhã

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.