Matança de gatos assusta moradores em bairro de Serra Talhada, PE

Matança de gatos assusta moradores em bairro de Serra Talhada, PE
Matança de gatos assusta moradores em bairro de Serra Talhada, PE

Mais um episódio de matança de animais é registrado em Serra Talhada. Nessa segunda-feira (27), moradores das ruas Manoel Pereira Aguiar e Maria José Pereira Kerle, no bairro AABB, em Serra Talhada, entraram em contato com o Farol de Notícias para relatar a angústia que têm passado pela perda dos gatos que apresentam sinais de envenenamento. Um moradora relatou que irá acionar o Ministério Público e outra que irá instalar câmeras de segurança, tudo na tentativa de por um fim à chacina dos felinos.

Uma das cuidadoras voluntárias que coloca água e ração na calçada da sua residência, para que os animais da rua encontrem alimento e aconchego, relatou ao Farol que há três meses os felinos começaram a desaparecer ou morrer, mas que eram casos isolados. Na última semana, o problema tomou uma proporção maior, chamando a atenção dos vizinhos que começaram a dialogar sobre a situação. Um problema que tem entristecido as cuidadoras e as tutoras dos gatos.

“Mataram uns 10 gatos só da quinta para o sábado. Mataram todos os meus gatos e jogaram carne com veneno no meu muro. Criávamos cinco gatos, todos morreram, quatro caíram do muro, envenenados, se contorceram e morreram. Mataram quatro da vizinha, uma senhorinha, ela estava chorando na calçada. Mataram um da outra vizinha que cuida de todos os gatos da rua. Apareceu esse pedaço de carne no muro da gente e o gatinho, filhote dessa que morreu, lambeu e passou mal, a gente cortou o efeito do veneno dando leite, e ele está vivo. Dá para ver no vídeo que o gatinho está cambaleando e colocando força para vomitar. A gente sempre deu ração, água, e não pode prender 24 horas dentro de casa”, relatou Glória Sthefanny.

“Vários gatos de rua que são alimentados por moradores estão sendo envenenados. Dos que eu alimento, três já foram mortos. Na semana passada, cinco da mesma casa morreram. Desconfiamos que seja uma única pessoa que esteja fazendo isso. Começou há três meses, percebemos que estavam sumindo e, depois, os gatinhos aparecendo mortos. Os gatinhos aparecem sem machucados e com muita baba, é típico de envenenamento mesmo. A suspeita é que o veneno seja colocado na rua Manoel Pereira Aguiar. Outra cuidadora de porta da mesma rua, também teve animais que apareceram mortos”, disse a mulher de 37 anos pedindo anonimato. Ela ainda lamentou:

“Uma cena dessa para quem cuida é terrível! Eu falo por mim. Eu me desdobro tanto para conseguir o dinheiro para comprar a raçãozinha deles. Me disponho a colocar várias vezes ao dia, para eles não passarem fome de jeito nenhum. Vem um infeliz, não sei de onde, para matar os bichinhos. É terrível! É uma dor que não dá para explicar. Há três meses que vinha acontecendo, mas era um caso isolado, a gente não ouvia comentário de nada, só que agora ‘a bomba estourou’. Pelo relato de alguns moradores, a gente está juntando as peças e está entendendo que o causador disso tudo está na rua Manoel Pereira Aguiar”.

VEJA VÍDEOS

 

Por Vilma Lopes

Fonte: Farol de Notícias