Universidade Federal Rural da Amazônia lança site com informações sobre medicamentos para animais domésticos

Universidade Federal Rural da Amazônia lança site com informações sobre medicamentos para animais domésticos
A Ufra tem uma história de atendimentos veterinários comunitários, como o Projeto Carroceiro. (Ivan Duarte / Arquivo O Liberal)

A Farmácia Veterinária Comunitária (Farmavet), da Universidade Federal Rural da Amazônia (Ufra), acaba de lançar um site que tem como objetivo tirar dúvidas e oferecer informações farmacológicas especializadas sobre medicamentos usados em animais domésticos. O site pode ser acessado pelo link.

No site, o interessado encontra informações sobre quais medicamentos estão disponíveis e ainda de que forma poderá receber e realizar doações de medicamentos. Além disso, o site oferece informações sobre fármacos veterinários, através do Serviço de Informações Sobre Medicamentos Veterinários (SIMV)

“O solicitante da informação preenche o formulário de dúvida, a equipe do SIMV recebe as perguntas, busca a informação técnica-científica farmacológica especializada e atualizada, faz a leitura e análise da literatura selecionada, elabora a resposta, faz a revisão da resposta por pares e envia a resposta ao solicitante, se necessário envia também documentos científicos em anexo”, explica o estudante de medicina veterinária Max Campos, bolsista do projeto.

Criada em 2019, a Farmácia Veterinária da Ufra tem como objetivo contribuir com o papel de responsabilidade social da universidade quanto à promoção da saúde e bem-estar animal e da saúde única. O local oferece tratamento de animais doentes, cujos tutores de baixa renda não têm condições financeiras para adquirir os medicamentos prescritos pelos médicos veterinários.

“A Farmavet funciona como um banco de remédios para uso veterinário, destinado a atender animais da população de baixa renda. Com isso, tutores que estejam com cães e gatos doentes e em tratamento, mas que não tenham condições financeiras para adquirir os medicamentos prescritos pelos médicos veterinários, podem recorrer à Farmavet”, explica a coordenadora do projeto,a médica veterinária farmacologista e especialista em clínica médica e terapêutica de pequenos animais, professora Deborah Oliveira.

Entre os medicamentos mais procurados na Farmavet estão: antimicrobianos, suplementos, gastroprotetores, anti-inflamatórios e vermífugos. Alguns medicamentos para tratamento veterinário e que são imprescindíveis para o restabelecimento da saúde do animal chegam a custar mais de R$100 no mercado pet. Um custo que gera impacto na renda familiar de quem muitas vezes depende de um salário mínimo.

Segundo a equipe do projeto, a demanda é sempre frequente, inclusive de tutores de outros estados. E como o estoque depende do recebimento de doações, nem sempre é possível atender quem procura o projeto. Para quem deseja doar medicamentos ao projeto, é preciso realizar o contato inicial pelas mídias sociais da Farmavet. Em seguida os bolsistas agendam o horário para receber esse medicamento no laboratório de farmacologia.

Já para quem deseja receber medicamentos, também é preciso primeiro agendar e entrar em contato pelas mídias sociais do projeto. No ato da entrega de medicamento o tutor precisa apresentar os seguintes documentos originais: registro geral (Rg),CPF,comprovante de residência, cartão do bolsa família, comprovante de renda de até 2 salários mínimos, tarifa social de baixa renda celpa, além do receituário com validade de até 30 dias, carimbado pelo veterinário responsável pelo caso.

O atendimento na Farmavet pode ser feito de forma online, de segunda a sexta das 14h às 18h pelas mídias sociais do programa, no instagram e no facebook. E de forma presencial, às quintas e sextas, das 14h às 18h, no Laboratório de Farmacologia Veterinária, instalado no Instituto de Saúde e Produção Animal (ISPA), na sede da Ufra, em Belém.

Por Bruna Ribeiro sob supervisão de Victor Furtado

Fonte: O Liberal

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.