Ilustração de Débora Pires

Abertas as inscrições para a 2ª edição da Artevista: ‘Caçar animal não é legal’

Estão abertas as inscrições para a ‘2ª Artevista – Arte em Defesa dos Animais | Desenho e Pintura‘, promovida pela ONG Olhar Animal com o apoio do MICA – Movimento Infanto-juvenil Crescendo com Arte. O objetivo é estimular o respeito aos interesses dos animais não humanos e a ação em defesa desses seres, incentivando crianças e adolescentes a expressar, pela via artística, sua sensibilidade e consciência sobre o assunto. 

ENGLISH | ESPAÑOL | FRANÇAIS

O tema da segunda edição da Artevista é “Caçar animal não é legal“, abordando um dos assuntos de maior destaque atualmente no Brasil entre as situações que causam danos aos animais, e também uma questão que os afeta em todo o planeta.

REGULAMENTO

O prazo para inscrições vai até 22 de maio de 2019 (horário do Brasil: UTC -3) .

Tema da 2ª Artevista

CAÇAR ANIMAL NÃO É LEGAL

Quem pode participar

Crianças e adolescentes residentes no Brasil ou em quaisquer outros países, nas categorias etárias abaixo:

  • 4 a 7 anos
  • 8 a 10  anos
  • 11 a 13 anos
  • 14 a 16  anos

Convidamos os professores a desenvolver o tema em suas escolas, junto a seus alunos. E convidamos também os pais a proporem a atividade a seus filhos.

Como participar

A inscrição é GRATUITA e poderá ser feita pelos autores, por seus pais ou responsáveis, ou ainda por seus professores.

Cada criança ou adolescente poderá inscrever quantos desenhos desejar.

Os desenhos deverão ser de autoria própria do inscrito, inéditos e feitos da seguinte forma:

  1. à mão livre sobre papel no formato A4 (210 mm X 297 mm), com gramatura compatível com a técnica escolhida. Finalizada, a obra deverá ser DIGITALIZADA com o uso de um scanner de mesa e em ALTA RESOLUÇÃO. Não serão aceitas imagens digitalizadas com o uso de aparelhos fotográficos, celulares, etc.;
    OU
  2. com o uso de ferramentas digitais (softwares e equipamentos específicos para este fim), de forma que também possam ser impressas em papel no formato A4 (210 mm X 297 mm).

Os arquivos de imagens enviados deverão estar em um destes formatos: JPG, JPEG ou PNG.

Caso o autor ou responsáveis encontrem alguma dificuldade para a digitalização da imagem, poderá solicitar orientações entrando em contato com o Olhar Animal.

Anexe as imagens digitalizadas das obras a uma mensagem de e-mail e nela inclua as seguintes informações:

Dados sobre o artista

Nome do artista:
Idade:
Cidade:
Estado/Província:
País:
Quantidade de obras inscritas:

Dados sobre o responsável

Nome do responsável:
Relacionamento: (  ) mãe/pai/tutor   (  ) professor(a)
E-mail de contato com artista ou responsável:

Finalmente, envie a mensagem para o endereço olharanimal@gmail.com. Em resposta, o Olhar Animal enviará uma mensagem CONFIRMANDO o recebimento das informações e das imagens. Caso o responsável pela inscrição não receba esta mensagem de confirmação, deverá entrar em contato conosco clicando aqui.

Não será permitida nenhuma forma de identificação do(a) autor(a) na obra inscrita. A identificação do(a) autor(a) deverá ser feita em separado, apenas na mensagem de inscrição a ser enviada para o Olhar Animal junto com as imagens.

Não serão aceitos trabalhos que tenham mais de um(a) autor(a) ou estejam em nome de pessoas jurídicas.

Observação importante: A organização da Artevista optou por receber e avaliar as obras sobre papel por via DIGITAL por conta das dificuldades impostas pelos Correios do Brasil para o recebimento de obras vindas do exterior, ele que passou a exigir taxas antes restritas a materiais de interesse comercial, o que obviamente não é o caso dos desenhos e pinturas. De qualquer forma, pedimos aos autores destas obras feitas sobre papel que PRESERVEM as artes criadas sobre papel para futuro envio, se solicitarmos.

Seleção

Serão selecionados como finalistas até 10 (dez) desenhos de cada um dos quatro grupos etários / origem (brasileira / estrangeira).

A escolha dos finalistas será feita por uma Comissão Julgadora formada por pessoas convidadas pela ONG Olhar Animal e pelo MICA – Movimento Infanto-juvenil Crescendo com Arte.

Critérios de avaliação

Os desenhos serão avaliados levando-se em consideração os seguintes critérios:

  • adequação ao tema ‘Caçar animal não é legal’;
  • originalidade;
  • estética;
  • atendimento aos requisitos do presente regulamento.

Para efeito de seleção, as obras serão divididas por origem (brasileira / estrangeira) e faixa etária, como indicado anteriormente.

Comissão Julgadora

O grupo que selecionará as obras será formada por ativistas da causa animal, artistas, educadores e por outras pessoas que os organizadores da Artevista entenderem como aptas para avaliar as obras. Até o momento, os membros da Comissão Julgadora são:

  • Adriana Pereira de Souza, tecnóloga em Gestão Financeira e voluntária do MICA – São Paulo/SP, Brasil
  • Alan Moraes, professor e palestrante de Economia Criativa e Inovação – São Paulo/SP, Brasil
  • Alexander José Agbayani Mascardo, gestor de marca, ex-assistente na galeria de arte da Fundação Japão em Toronto e Adesão ao Art Gallery of Ontario – Toronto/ON, Canadá
  • Alice Bandini, arte-educadora – São Paulo/SP, Brasil
  • Alice Werhle Gomide, farmacêutica – Curitiba/PR, Brasil
  • Antonia Olivares Rodrigues, professora e artista plástica – São Paulo/SP, Brasil
  • Armando Bastos, web designer e artesão – Leopoldina/MG, Brasil
  • Beth Begonha, jornalista e apresentadora na Rádio Nacional da Amazônia (EBC – Empresa Brasil de Comunicação) – Brasília/DF, Brasil
  • Camila Campanhã, neuropsicóloga, professora de ensino superior e ex-aluna do MICA – São Paulo/SP, Brasil
  • Carlos Zanchetta de Oliveira, editor – São Paulo/SP, Brasil
  • Carolina Valente, advogada, atriz e voluntária do MICA nas oficinas de teatro – São Paulo/SP, Brasil
  • Clarice Paim Arnold, professora – Santa Cruz do Sul/RS, Brasil
  • Cleise Ribeiro Faustino, professora e publicitária – São Paulo/SP, Brasil
  • Dana Ellyn, pintora – Washington/DC, EUA
  • Débora Pires, ilustradora – São Paulo/SP, Brasil
  • Débora Rovigatti Benedetti, médica veterinária especialista em dermatologia e acupuntura e voluntária do MICA em projetos do bem-estar animal – São Paulo/SP, Brasil
  • Elza Ghetti Zerbatto, poetisa e escritora de livros para crianças – São Paulo/SP, Brasil
  • Fabiana Pino, jornalista e protetora de animais – São Paulo/SP, Brasil
  • Fatima ChuEcco, jornalista – São Paulo/SP, Brasil
  • Francisco Athaíde, educador humanitário – Salvador/BA, Brasil
  • Iara Proença de Souza, professora – Florianópolis/SC, Brasil
  • Ivana França de Negri, professora, escritora, atuante na área de literatura e proteção aos animais – Piracicaba/SP, Brasil
  • Júlio Ottoboni, jornalista ambiental e científico – São José dos Campos/SP, Brasil
  • Laion Castro, graduado em Letras e Ciências Sociais SP (ex-aluno do MICA) – São Paulo/SP, Brasil
  • Liège Copstein, jornalista – Porto Alegre/RS, Brasil
  • Luzia Trabbold, professora e artista plástica, poetisa e escritora de livros para crianças – São Paulo/SP, Brasil
  • Mara Monteiro, escritora de livros infanto-juvenis, contadora de estórias e diretora da ONG Casa do Conto – Fortaleza/CE, Brasil
  • Marcio de Andrade, músico e empreendedor social – Maraú/BA, Brasil
  • Marcos Pompeu, ativista pelos animais e diretor do Santuário Rancho dos Gnomos – Joanópolis/SP, Brasil
  • Maria José Soares, professora e bióloga – São Paulo/SP, Brasil
  • Maria Nilce Garcia Nicodemos, professora e artista plástica – São Paulo/SP, Brasil
  • Marília Andrade Pinto, professora – São Paulo/SP, Brasil
  • Natália Ferreira de Almeida, história da Arte e Direito – São Paulo/SP, Brasil
  • Natália Prieto, empresária – São Paulo/SP, Brasil
  • Neide Schulte, professora e pesquisadora em Moda, Design e Sustentabilidade na graduação e mestrado em Moda. Coordenadora da Ecomoda UDESC e do Instituto Trama Ética – Florianópolis/SP, Brasil
  • Nina Rosa Jacob, ativista pelos animais – São Paulo/SP, Brasil
  • Renata Zancan, psicanalista e escritora de livros infanto-juvenis – São Paulo/SP, Brasil
  • Rogério Leão, professor – Cambuquira/MG, Brasil
  • Rosângela Coelho, ativista pelos animais – Taubaté/SP, Brasil
  • Silvia Pompeu, ativista pelos animais, advogada e diretora do Santuário Rancho dos Gnomos – Joanópolis/SP, Brasil
  • Soraya D. Ferreira, professora – São Paulo/SP, Brasil
  • Tânia Morales, jornalista e apresentadora na Rádio CBN – São Paulo/SP, Brasil
  • Telma Mangini Tapigliani, professora e artista plástica – São Paulo/SP, Brasil
  • Terezinha Tavares Bancher, professora e artista plástica – São Paulo/SP, Brasil
  • Yves Bonnardel, ensaísta, Lyon, França

Outras pessoas poderão ser incluídas na Comissão Julgadora até o início da fase de julgamento.

Em momento algum até a divulgação das obras finalistas a Comissão Julgadora terá acesso aos dados pessoais dos participantes. A decisão da Comissão Julgadora na avaliação dos desenhos é soberana e irrecorrível. A Comissão Julgadora se reserva o direito de não selecionar qualquer dos trabalhos se considerar que os objetivos da Artevista não foram atendidos.

Certificado de Finalista

Os autores dos desenhos finalistas receberão o ‘Certificado de Finalista’ da 2ª Artevista, que será enviado via digital em formato PDF. Caso o tema tenha sido desenvolvido por professor junto a um grupo de alunos, o professor e a instituição de ensino receberão o ‘Certificado de Participação’, independentemente da classificação das obras de seus alunos entre as finalistas.

Todos os desenhos e pinturas inscritos e pré-selecionados ficarão expostos no site da ONG Olhar Animal (www.olharanimal.org), com destaque para os 10 finalistas de cada categoria (origem brasileira / estrangeira) e sub-categoria (faixa etária).

Cronograma

Inscrições: até 22 de maio de 2019

Divulgação dos finalistas: 31 de maio de 2019

Disposições finais

Fica reservado à ONG Olhar Animal o direito de divulgar e de expor os desenhos dos participantes da 2ª Artevista, bem como utilizar as obras para a confecção de material de promoção de edições futuras da Artevista.

A inscrição, independentemente de qualquer outro documento, significa plena aceitação, pelo(a) participante ou por seu (sua) representante / responsável, dos termos deste regulamento.

O presente regulamento poderá ser alterado sem aviso prévio por qualquer motivo não previsto,  que esteja fora do controle da ONG Olhar Animal e que comprometa a atividade de forma a impedir ou modificar substancialmente a condução desta como originalmente idealizada.

Questões não previstas no presente regulamento serão avaliadas pelos organizadores e solucionadas ao exclusivo critério destes, não cabendo qualquer espécie de recurso em relação a suas decisões.

Apoio

MICA

Realização

Olhar Animal

Agradecimentos

  • à ilustradora Débora Pires, pela criação e cessão da ilustração em destaque na 2a. Artevista;
  • à professora Maria José Soares e todas professoras do MICA, pela parceria e apoio;
  • à Marli Vaz de Lima, Flavia Brakling, Alejandra Mendoza, Agnes I.N., Philippe Sibeaud e Rita de Cassia de Souza-Sibeaud pelas traduções e revisões;
  • a todos os integrantes da Comissão Julgadora.

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.