Cão foi resgatado após acionamento da PM e Corpo de Bombeiros — Foto: Polícia Militar/Cedida

Corpo de Bombeiros e PM resgatam cachorro vítima de maus-tratos em oficina mecânica em Presidente Prudente, SP

O Corpo de Bombeiros resgatou nesta sexta-feira (15) um cachorro que era vítima de maus-tratos no barracão de uma oficina mecânica no Jardim Bela Dária, em Presidente Prudente.

Os bombeiros encaminharam o animal socorrido para o Centro de Controle de Zoonoses (CCZ).

De acordo com o Boletim de Ocorrência registrado na Delegacia Participativa da Polícia Civil, uma equipe da Polícia Militar compareceu ao local depois de ter sido acionada para o atendimento de uma denúncia de maus-tratos a animal.

No local, a PM deparou-se com o cachorro amarrado com uma corda na altura da barriga.

Segundo o registro policial, a corda estava retorcida demais, causando dor no animal. O cão, além de estar agressivo, chegava a urinar, provavelmente em razão de dor, conforme o Boletim de Ocorrência, “pois a corda comprimia a barriga e o órgão genital do cachorro”.

Ainda de acordo com o Boletim de Ocorrência, o local é um barracão aberto usado por uma oficina de caminhão de uma empresa de transporte.

Cão foi resgatado após acionamento da PM e Corpo de Bombeiros — Foto: Polícia Militar/Cedida
Cão foi resgatado após acionamento da PM e Corpo de Bombeiros — Foto: Polícia Militar/Cedida

A Polícia Militar também encontrou no barracão um homem, que dormia em uma cama. Ele contou que havia chegado à oficina na madrugada e o cachorro já estava no local amarrado. Também disse que só tinha dormido no local naquela noite. Ele acrescentou ainda que um outro homem dorme todos os dias no local. No entanto, o indivíduo não foi encontrado, pois tinha saído para recolher materiais recicláveis.

O Corpo de Bombeiros foi acionado e fez o socorro do animal, que foi encaminhado para o CCZ.

Os militares fizeram fotos do animal e as apresentaram à Polícia Civil.

Após o registro da ocorrência, o homem abordado na oficina foi liberado, sob o compromisso de comparecer em juízo quando for convocado.

O caso segue sob investigação.

Cão não conseguia se mexer sem sentir dor, conforme a PM — Foto: Polícia Militar/Cedida
Cão não conseguia se mexer sem sentir dor, conforme a PM — Foto: Polícia Militar/Cedida

Fonte: G1

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.