Foto: Whatsapp Midiamax

Égua é abandonada a ‘própria sorte’ e moradores procuram tutor no Jardim Centro Oeste, em Campo Grande, MS

Os moradores da rua Timbós, no Jardim Centro Oeste, região da saída para São Paulo em Campo Grande, buscam os responsáveis por uma água branca abandonada há dias na região. Eles relatam que já procuraram todos os possíveis locais de onde ela poderia ter “saído”, mas ninguém sabe de onde veio.

Segundo relatou o leitor, de 36 anos, que denunciou a situação ao Jornal Midimax, nesta sexta-feira (21), existe a suspeita do animal ter sido levado para o lugar e abandonado, além de estar com sinais de ferimentos no pescoço, como se tivesse sido feito por arames.

“Meu irmão foi nos locais que têm animais e na hípica da região, ninguém sabe de onde ela é. Simplesmente apareceu aqui, comendo os capins e foi ficando. Minha mãe deu água para ela e tentou abriga-la na hípica, mas disseram que não pode ficar mais lá”, relatou o leitor.

Para ele, não tem cabimento deixar o animal abandonado daquela forma. “Estamos dando capim e água para ela. Já procuraram em toda região e nada! Como que o bichinho vai ficar daquele jeito? Meus pais não sabem o que fazer com o bichinho na frente de casa”, concluiu.

Outra preocupação é que animais soltos, sem qualquer cuidado, podem causar acidentes com veículos, além de não receber todo cuidado necessário, já que está sob a tutela de quem não tem preparo.

Por Kamila Alcântara

Fonte: Midiamax

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.