Farra do boi em SC: ocorrências têm queda de 89% na Páscoa

Farra do boi em SC: ocorrências têm queda de 89% na Páscoa
Boi foi parar dentro de piscina para fugir de maus-tratos (Foto: Reprodução/PMSC)

As ocorrências de farra do boi caíram 89% no feriado de Páscoa na comparação com o mesmo período do ano passado em Santa Catarina. Em 2019 foram 84 casos registrados pela PM; em 2020, 59; e neste ano foram apenas seis. A PM atendeu ocorrências em Florianópolis (4), Porto Belo (1) e Bombinhas (1).]

O subcomandante-geral da Polícia Militar (PM-SC), coronel Marcelo Pontes, explica que isso é resultado da Operação 

Quaresma, que faz um trabalho preventivo.

“Nós fazemos ações de inteligência com levantamento dos locais de confinamento dos animais, olhamos o histórico dos locais onde ocorre a prática, fazemos contato com os fornecedores. Além disso, temos barreiras nas estradas. Claro, tem a multa aplicada desde o ano passado também, que ajuda”, explica o coronel.

A multa aplicada é de R$10 mil. De tradição açoriana, a farra é considerada crime pelo Supremo Tribunal Federal (STF). Em 1998, foi aprovada a Lei de Crimes Ambientais, que passou a punir com até um ano de prisão quem pratica, colabora, ou no caso das autoridades, omite-se em impedir atos de crueldade contra animais.

Acompanhe a entrevista:

 Por Renato Igor 

Fonte: NSC Total


Nota do Olhar Animal: Tomara que a redução não seja apenas um mero reflexo de uma Páscoa atípica por conta da pandemia.

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.