Gato é agredido com chute na rua e tutor pede ajuda para pagar cirurgia

Gato é agredido com chute na rua e tutor pede ajuda para pagar cirurgia
Veterinária afirmou que provavelmente o animal foi agredido com um chute. (Foto: Reprodução/Facebook)

Ao mesmo tempo que vemos atitudes degradantes de algumas pessoas, outras milhares se unem para ajudar o próximo. É o caso de uma situação que vem tomando conta das redes sociais desde ontem (06). 

O jovem Robert Costa explicou em postagem que sua mãe havia chego em casa e encontrado o gato da família, de nome Nino debilitado por perder muito sangue. Ela notou que o bichinho tinha descolado a pele do maxilar.

A família levou ele até um veterinário 24h em Salvador, Bahia, distante cerca de 21 km da cidade onde moram, Simões Filho, BA. A veterinária informou que provavelmente o gato havia sido agredido com um chute e que somente uma cirurgia poderia resolver o caso.

O impedimento para a realização do procedimento é o custo, inviável para ser arcado pela família de Robert. “Só a consulta, o sedativo e a internação ficou no valor de R$ 650,00, eu e minha família não temos como arcar com estes custos, ainda mas na situação atual onde perdemos a minha avó faz 8 dias”, disse o jovem em uma postagem no Facebook.

Rapidamente a postagem tomou proporção suficientes para que pessoas sensibilizadas pudessem ajudar o bichano. O jovem criou uma campanha de doação no site Kickante onde pede R$ 2.600,00 para arcar com todos os custos para a recuperação de Nino. Até a publicação da matéria já foram doados R$ 1.190,00 para ajudar na cirurgia.

Robert ressalta em sua postagem que o gato é a alegria de sua mãe. “Esse gato é a companhia da minha mãe que mora sozinha, eu amo muito ele e ver ele assim nesta situação é de cortar a alma”, completa o jovem.

Caso queira ajudar, clique aqui e faça sua doação.

Fonte: TN Online

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.