Guarda municipal de Campo Grande (MS) que atirou em cachorro será investigado, garante secretaria

Guarda municipal de Campo Grande (MS) que atirou em cachorro será investigado, garante secretaria

A Secretaria Especial de Segurança e Defesa Social, a Sesdes, determinou, nesta sexta-feira (26), que a Corregedoria Geral apure o baleamento de um cachorro, dentro de uma casa na Cohab, por um Guarda Municipal, em Campo Grande. 

A investigação vai apurar se o GCM cometeu infração disciplinar no episódio, que segundo a Secretaria, foi veiculado por toda a imprensa local e até nacional. 

Segundo a nota, as medidas cautelares adotadas pela SESDES, de imediato, serão:

”recolhimento do armamento institucional, do porte de arma de fogo e o afastamento preventivo pelo prazo legal, do servidor envolvido no episódio em questão”. 

O caso

Dois homens, sendo um Guarda Municipal, atiraram no portão de uma residência para apartar uma briga de cachorros da raça pitbull, no Cohab Universitário. 

Conforme vídeo gravado e divulgado por um vizinho, um cachorro que passava pela rua e outro que estava dentro da garagem fechada começaram a brigar.

Um deles atirou duas vezes contra o portão para apartar os cães. Ao mesmo tempo, outro homem atacava o cachorro que estava dentro da casa, usando um facão. Os tiros acertaram primeiro o portão e depois a pata e o focinho do cão.

Assim que os cães se soltam, os dois param as agressões, que foram dirigidas somente contra o cão que estava dentro de casa. 

Por Thiago de Souza  

Fonte: Topmídia News

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.