Homem viola cadela na rua. Foi detido e acusado de crime de zoofilia

Homem viola cadela na rua. Foi detido e acusado de crime de zoofilia
Shutterstock

Um homem foi detido por ter violado, em plena rua, uma cadela. Segundo o ABC, o suspeito é acusado de um crime de abuso de animais relacionado com zoofilia, em Espanha.

O agressor, que foi visto a introduzir os dedos na zona genital do animal, tentou depois violá-lo, frente a várias pessoas que deram o alerta às autoridades.

O homem foi detido e será brevemente presente a tribunal.

Já a cadela, bem como outro animais em sua posse, foram resgatados e entregues a uma instituição animal.

O caso foi denunciado por Raul Mérida no Diário Informacion, referindo que se está a pedir, neste caso, a aplicação do crime de maus tratos a animais ao abrigo do artigo 337 do Código Penal.

A regulamentação em vigor em Espanha, relativa à punição da prática de zoofilia, estabelece que “quem, por qualquer meio ou procedimento, maltratar injustificadamente, provocando lesões que prejudiquem gravemente a sua saúde ou submetendo-o a exploração sexual de animal doméstico ou domesticado ou de qualquer animal que não viva em estado selvagem” será punido com “pena de prisão de três meses e um dia a um ano” e ainda sujeito a inibição especial de um ano e um dia a três anos para o exercício de uma profissão, ofício ou comércio relacionado com animais e para a detenção de animais.

A pena pode ser agravada em casos em que se verifique que tenham sido utilizadas armas, instrumentos, objetos, meios, métodos ou formas especificamente perigosos para a vida do animal; se tiver havido crueldade; se tiver sido causada ao animal a perda ou inutilização de um sentido, órgão ou membro principal; ou se os atos tiverem sido praticados na presença de um menor.

Os atos em causa terão acontecido no ano passado na província espanhola de Guipúscoa.

Fonte: Notícias ao Minuto / mantida a grafia lusitana original