Mesmo cega, cadelinha que teve um olho arrancado e outro furado sobrevive e é adotada em Patos de Minas, MG

Vida nova para uma cadelinha abandonada que foi cruelmente agredida em Patos de Minas. A cachorrinha sobreviveu aos maus-tratos e, mesmo cega, foi adotada e vai passar a ter um lar. O caso chamou a atenção e uma campanha na internet, realizada com o apoio da Aspaa, conseguiu recursos para iniciar o tratamento da cadelinha.

Ela foi abandonada na rua Roraima – no bairro Santa Luzia. Um morador se sensibilizou com a situação da cadelinha e decidiu buscar ajuda. O animalzinho teve um dos olhos perfurado com um prego e o outro foi arrancado, ficando completamente cega. Além de todo esse sofrimento, a cachorrinha também foi queimada com gordura quente.

Depois de ser recolhida pelo morador identificado como Guilherme, a cadelinha chegou até Yara Oliveira Correia, que decidiu adotar o animalzinho. Com a ajuda da Associação de Proteção Animal de Patos de Minas – Aspaa – ela iniciou uma campanha e um tratamento com um médico veterinário foi providenciado.

A primeira ajuda para a cadelinha veio no dia 02 de março e, com apenas seis dias de cuidados, ela já apresenta sensível melhora. A cadelinha ganhou peso e está muito mais saudável. Com hérnia e problema no útero, os cuidados continuam, assim como a campanha para arrecadar recursos também para a Aspaa que cuida de outros animais abandonadas.

A cadelinha ganhou o nome de Vitória e Yara, sua nova dona, prometeu fazer todo esforço para que ela tenha uma vida saudável, sem sofrimento e feliz. Não foi possível identificar o autor dos maus-tratos contra a cadelinha. Quem puder ajudar a ASPAA pode entrar em contato pelas redes sociais. A ONG está em campanha para as pessoas adotarem animais. “Todo animal merece um lar. Adote!”

Por Maurício Rocha

Fonte: Patos Hoje

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.