Número de cães envenenados chega a 26 e gera protesto em Ponta Grossa, PR

Número de cães envenenados chega a 26 e gera protesto em Ponta Grossa, PR
Além dos animais mortos, outros ainda estão em observação. (Foto: Divulgação)

A Associação Protetora de Animais de Ponta Grossa (APA-PG) realiza neste domingo (2), ainda às 10 horas, uma manifestação cobrando punição para o autor dos envenenamentos que vêm matando cães na Vila Romana. O protesto será na Rua Ernesto Mazardo, na região onde as mortes ocorreram.

Nesta quinta-feira (30) subiu para 20 o número de cães mortos. De acordo com APA-PG, as mortes ainda estão ocorrendo em consequência de uma ação praticada, muito provavelmente, na madrugada de terça-feira (28).

Outros seis animais seguem em tratamento, o que significa que pelo menos 26 cães foram vítimas de alguém que, intencionalmente, colocou veneno em potes de comida e deu aos animais de rua e a outros que estavam dentro de residências.

A maior parte dos envenenamentos foi registrada em três ruas da Vila: Rua Ernesto Mazardo, Rua Marli Câmara e Rua Elói de Cesário Leria. A ONG alerta para o fato de que ainda pode haver veneno espalhado em algumas áreas da Vila. A Guarda Municipal está colaborando no caso, buscando informações que possam levar ao autor do crime.

Fonte: Diário dos Campos

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.