Polícia abre procedimento para investigar tutor que arrastou cachorro em Jaguariúna, SP

Polícia abre procedimento para investigar tutor que arrastou cachorro em Jaguariúna, SP

A Polícia Civil de Jaguariúna (SP) abriu um procedimento policial, na manhã desta segunda-feira (11), para investigar o homem que arrastou o cão de estimação pelo lado de fora do carro dele, na manhã de domingo (10). Na ocasião, pedestres e ciclistas socorreram o animal, que estava preso ao veículo pela coleira.

Segundo os policiais, a opção por abrir um procedimento e não um inquérito foi tomada por tratar-se de um crime de menor potencial ofensivo. Mesmo o boletim de ocorrência do caso ter sido registrado como “abuso contra animais”, o cão foi devolvido ao tutor por, segundo a corporação, não constarem indícios de um histórico de maus-tratos.

Com o procedimento policial instaurado, tanto o dono como as testemunhas do caso devem prestar esclarecimentos aos policiais, que devem concluir qual a gravidade do crime. A pena prevista para maus-tratos em animais é de prisão de três meses a um ano, além de multa.

O caso

O tutor do animal afirmou aos policiais que o cachorro havia fugido de casa. Ao levá-lo de volta à residência, o homem optou por deixar o cão do lado de fora do carro após o prender na coleira, a fim de que o animal acompanhasse o veículo que, segundo o tutor, estava em baixa velocidade.

Ainda segundo o relato, o cachorro teria tropeçado sem que o dono percebesse. Ciclistas e pedestres que passavam pela rua alertaram o motorista, afirmando que o mesmo estava arrastando o animal no asfalto.

Cão foi arrastado no asfalto pelo próprio tutor, em Jaguariúna (SP) — Fotos: Reprodução/EPTV

O caso ocorreu às 11h, na Rua Padre Antonio Joaquim. Imagens recebidas pela EPTV, afiliada da TV Globo, mostram o animal com ferimentos recebendo auxílio dos moradores da região.

“Eu vi que o cara estava segurando a guia do cachorro dentro do carro e o cachorro enroscado na roda, sendo arrastado com tudo”, afirma Valter Araújo, ciclista que prestou socorro ao animal.

O cão foi levado pelo próprio tutor até a clínica veterinária da Faculdade de Jaguariúna (FAJ), onde foi medicado e liberado, sem ferimentos graves, segundo o veterinário.

Fonte: G1

Cachorro fica ferido após ser preso com coleira a carro em movimento, em Jaguariúna, SP

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.