Vídeo: cadela é abandonada em frente ao Hospital Veterinário de Taguatinga, no DF

Vídeo: cadela é abandonada em frente ao Hospital Veterinário de Taguatinga, no DF

Uma câmera de segurança flagrou, na terça-feira (2), um homem abandonando uma cadela em frente ao Hospital Veterinário de Taguatinga, no Distrito Federal. Segundo funcionários da unidade, tem sido recorrente o abandono de animais no local.

No vídeo (veja abaixo), é possível ver que o homem chega em uma caminhonete e estaciona próximo ao hospital. Ele desce do carro, abre a carroceria e a cadela desce. Em seguida, o motorista vai embora e a cachorra fica na porta do centro veterinário.

Os funcionários recolheram e cuidaram da cachorrinha. Ela ganhou o nome de “Filomena” e foi adotada. Nesta sexta-feira (5), vai para a casa nova, em Brazlândia.

Vídeo: Cadela é abandonada na porta de hospital veterinário em Taguatinga.

Abandono de animais é crime

A diretora Mayara Cauper alerta que o hospital veterinário não é abrigo de animais. Mas em 1 ano e 3 meses de funcionamento, cerca de 50 cães e gatos foram abandonados no local, diz ela.

“A gente acaba gastando energia buscando abrigo para esses animais. E o objetivo do hospital é outro.”

O hospital veterinário foi criado para atender, de graça, animais que precisam de tratamento. São, em média, 50 consultas por dia.

Para a diretora, os donos precisam ter responsabilidade com os animais. Segundo ela, as pessoas que abandonam os bichos são identificadas por meio das câmeras de segurança e as imagens encaminhadas para os órgãos competentes.

“Abandonar animais é crime.” 

De acordo com o Código Penal, o crime de maus-tratos a animais é considerado de “menor potencial ofensivo”. A pena varia de 3 meses a 1 ano de detenção, e costuma ser substituída por punições alternativas. Mesmo com flagrante, os suspeitos não ficam presos.

Desde maio de 2018, a punição por esse tipo de crime ficou mais pesada no DF. Agora, quem for flagrado maltratando animais domésticos ou silvestres pode ser multado em até 40 salários mínimos, o correspondente a mais de R$ 38 mil.

Como denunciar

As denúncias de maus-tratos a animais no DF podem ser feitas na Ouvidoria do governo de Brasília pelo telefone 162 ou pelo site www.ouv.df.gov.br.

A Delegacia Especial de Proteção ao Meio Ambiente (Dema) também pode ser acionada pelo número 197, pelo WhatsApp — (61) 98626-1197 — ou pelo e-mail [email protected]

Outra opção é o Batalhão Ambiental da Polícia Militar, que atende 24 horas pelo telefone (61) 3190-5190 e pelo WhatsApp (61) 99351-5736.

Fonte: G1

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.