Coruja fica presa em linha chilena em Niterói, RJ

Coruja fica presa em linha chilena em Niterói, RJ

Uma coruja foi encontrada presa por uma linha chilena em Niterói, Região Metropolitana do RJ, nesta segunda-feira (18).

Vídeo: Em Niterói , coruja foi resgatada machucada por linha chilena de pipa.

Linhas chilenas são usadas em pipas e têm alto poder de corte.

A ave estava no telhado de uma casa no bairro do Maceió. Agentes da Coordenadoria Ambiental da Guarda Municipal de Niterói foram acionados pelo número 153 e a resgataram.

A linha ficou agarrada em volta das patas e das asas, impedindo o voo.

Os agentes verificaram que a coruja estava bem e a soltaram na Área de Proteção Ambiental de Niterói no Parque Municipal de Niterói.

Coruja — Foto: Reprodução/TV Globo

“Os moradores ligaram para o 153, fizemos o resgate e retiramos a linha sem que ela se machucasse. Como não estava ferida, a coruja foi reintegrada ao meio ambiente”, explicou Jociley Pereira, coordenador da Guarda Ambiental de Niterói.

O número de resgates de animais silvestres aumentou cerca de 10% em abril deste ano em relação ao mesmo período do ano passado. Foram 94 resgates em abril de 2019 contra 104 em abril de 2020.

De janeiro a maio de 2019 foram resgatados 544 animais. No mesmo período desse ano, foram 628 — uma alta de mais de 15%. Os dados são da Prefeitura de Niterói.

Moradores de Niterói podem acionar o resgate de animais silvestres pelo telefone 153, que atende no Centro Integrado de Segurança Pública. 
 
Fonte: G1

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.