Homem é detido após ser flagrado pela esposa abusando de cadela em Delmiro Gouveia, AL

Homem é detido após ser flagrado pela esposa abusando de cadela em Delmiro Gouveia, AL
Homem é flagrando abusando de cadela em Delmiro Gouveia, em Alagoas — Foto: Arquivo Pessoal

Um homem foi detido após ser flagrado pela esposa abusando da cadela da família em Delmiro Gouveia, Sertão de Alagoas. O crime ocorreu há cerca três dias, mas a mulher só procurou a polícia na quinta-feira (30).

Segundo o delegado Rodrigo Cavalcanti, o homem foi flagrado sentado no quintal com o animal entre as pernas. A esposa dele disse que fez a foto, mas ficou sem entender o que estava acontecendo. Só depois que ela denunciou o caso para a polícia.

Os policiais civis estiveram no local e levaram os dois para a delegacia. O homem foi interrogado e chegou a fazer ameaças contra a mulher por ter denunciado o caso.

“Ele foi ouvido e liberado. Tomamos cuidado de ver a medida protetiva para a mulher, uma vez que ele fez ameaças contra ela. A cadela foi entregue a mulher para os cuidados necessários”, disse o delegado.

A mulher disse ainda que o homem há alguns dias começou a agredi-la com frequência e fazia ameaças.

O homem vai responder pelo crime de maus-tratos a animais e ameaça com base na Lei Maria da Penha.

Por Michelle Farias

Fonte: G1


Nota do Olhar Animal: A zoofilia é um tipo de exploração animal que causa danos aos bichos e que muitas vezes os leva à morte. Lamentavelmente, este tipo de crime de maus-tratos é subnotificado no Brasil e até mesmo protetores de animais se omitem na divulgação e enfrentamento da questão por motivos moralistas, prejudicando assim os animais. A despeito dos maus-tratos aos animais já serem um crime previsto na legislação brasileira, em 2015 foi apresentado na Câmara dos Deputados um projeto de lei que especifica a zoofilia como tal. Este, porém, foi apensado ao PL 7199/2010 que, por sua vez, acabou apensado ao PL 11210/2018, originado no Senado Federal. Está tramitando na Câmara também o PL 3250/2020 , que busca criminalizar e definir como hediondos atos de zoofilia.