Cachorro que fugiu de clínica em Jundiaí (SP) é encontrado em rio após cinco dias

Cachorro que fugiu de clínica em Jundiaí (SP)  é encontrado em rio após cinco dias
Após ser resgatado e receber abraços acalorados da tutora, o cão foi levado para uma clínica veterinária e passou por exames (Foto: Arquivo Pessoal/Reprodução/g1)

Nesta sexta-feira (10), a família de Thor, o cachorro que fugiu de uma clínica veterinária de Jundiaí, finalmente encontrou o pet. O cão escapou da clínica durante uma consulta médica, após ter sido atropelado. A família o encontrou depois de cinco dias de buscas, no Rio Guapeva.

De acordo com Maria Clara Pissaia, tutora do Thor e moradora do bairro Engordadouro, o cão foi levado para a clínica veterinária após ser atropelado, na manhã de segunda-feira (6). Desde então, o cachorro estava desaparecido. “A gente leva ele todos os dias na loja que temos e, no momento em que ele foi sair do carro e entrar na loja, um carro passou e atingiu ele de relance. Meu pai levou ele para o veterinário na mesma hora. O veterinário foi fazer uma radiografia no Thor e, neste momento, ele conseguiu escapar da clínica”, explicou a tutora, em entrevista ao g1.

Desde então, a família procurava pelo cachorro por toda a cidade e fez posts nas redes sociais. Maria Clara até contratou um carro de som para divulgar o sumiço de Thor. “Foram dias horríveis, não conseguíamos dormir, comer.”

Resgate

Segundo Maria Clara, um casal que passava próximo ao rio viu Thor em meio às folhagens, às margens do Rio Guapeva e entrou em contato com a família. A tutora pediu ajuda de moradores e ativistas da causa animal, que começaram o resgate do cão. “Ele estava tremendo de medo, muito arisco. Os ativistas conseguiram imobilizar o Thor, colocar uma focinheira nele e tiraram ele do rio. A gente não faz ideia de como ele entrou lá e tínhamos feito buscas lá também, mas sem sucesso.”

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por João Victor (@jvictorjundiai)

Após o resgate, a tutora levou o cão para uma clínica veterinária e ele passou por exames. De acordo com Maria Clara, ele não se machucou e teve alta no mesmo dia. “Agora vamos voltar à vida normal e superar esse trauma. No momento em que peguei ele no colo, já senti o alívio da angústia e da ansiedade indo embora.”

Foto: Arquivo Pessoal/Reprodução/g1
Foto: Arquivo Pessoal/Reprodução/g1

Fonte: Tribuna de Jundiaí