Mais de 160 aves foram apreendidas em Guarabira, PB, e seis pessoas presas (Foto: Walter Paparazzo/G1)

Mais de 160 aves silvestres são apreendidas e seis pessoas presas na PB

Seis pessoas foram presas e 169 aves silvestres foram apreendidas em Guarabira, Agreste da Paraíba, na manhã desta quarta-feira (22). Os animais estavam sendo comercializados na feira livre da cidade. Mais de 20 policiais militares participaram das apreensões.

Uma espingarda também foi apreendida. As pessoas que comercializavam as aves foram conduzidas à delegacia, onde prestaram depoimentos e foram aplicados R$ 58 mil em multas. Os animais foram levadas para o Centro de Triagem de Animais Silvestres (Cetas), em Cabedelo.

“Para cada pássaro apreendido, o valor da multa é de R$ 500. Entre os pássaros apreendidos dois estão em risco extinção e a multa por cada pássaro em risco de extinção é de R$ 5 mil”, explicou o comandante do Batalhão Ambiental, major Cristóvão Lucas.
Os infratores também devem responder a processo criminal, que prevê pena de 6 meses a 1 ano de detenção para esse tipo de crime.

Aves apreendidas foram levadas para o Cetas em Cabedelo, PB (Foto: Walter Paparazzo/G1)
Aves apreendidas foram levadas para o Cetas em Cabedelo, PB (Foto: Walter Paparazzo/G1)

Fonte: G1

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.