Dois dos cachorros estão internados em uma clínica veterinária Reprodução/SVM

Tutores viajam e deixam cachorros sem comida e água por cerca de seis dias em Caucaia, CE

Quatro cachorros, dois da raça Poodle e dois da raça Shit-zu, foram abandonados em um apartamento sem comida e água por cerca de seis dias em Tabuba, em Caucaia, na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF). Segundo a polícia, os tutores dos animais, um casal, viajou e deixou os cachorros trancados sem alimentação. Os cães estavam em um local sujo e se alimentando das próprias fezes e urina.

O casal vai responder por crime ambiental, de acordo com o delegado Henrique Silva, do 11º Distrito Policial, que deu apoio no resgate dos cães.

“Quando tivemos acesso à casa, foi possível ver os animais, praticamente, pedindo socorro. O local estava cheio de fezes e urina e não tinha nada de comida. Pegamos informações sobre os proprietários do apartamento e vamos levar até a delegacia. O casal vai responder por crime ambiental”, disse o delegado.

Segundo Stefanie Rodrigues, presidente da ong Anjos para Proteção Animal (APA), os cachorros foram encontrados em estado crítico.
“Recebemos denúncia através de moradores. Nossa ong, juntamente com a polícia ambiental, foi ao local, onde foi constatado crime de maus tratos. O estado físico dos animais é triste. É lamentável as pessoas comprarem animais de raça tão cara para deixá-los em sofrimento. Nossa ong vai processar os donos dos animais para que eles não tenham mais a guarda dos cães”, relatou.

Ainda de acordo com a polícia, os animais foram levados para uma clínica e receberam atendimento, dois deles ficaram internados. O caso será investigado pela Delegacia de Especializadas.

Fonte: Diário do Nordeste

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.