A jaguatirica, um macho adulto, foi resgatada e encaminhada à Unesp, mas não resistiu e morreu. Unesp Botucatu/Divulgação

Jaguatirica morre após ser atropelada na Castelinho, em Botucatu, SP

O Centro de Pesquisa e Medicina e Pesquisa em Animais Selvagens (Cempas) da Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia (FMVZ) da Unesp, campus de Botucatu, recebeu, na manhã desta quinta-feira (7), uma jaguatirica (nome científico: Leopardus pardalis), que foi atropelada no km 6 da Rodovia João Hipólito Martins, a Castelinho. O animal não resistiu aos ferimentos e morreu.

LEIA MAIS Jaguatirica morre após ser atropelada na Castelinho, em Botucatu, SP
Ministério Público realiza diligências para averiguar a implantação de travessia de animais silvestres na RO-010

Ministério Público realiza diligências para averiguar a implantação de travessia de animais silvestres na RO-010

O Promotor de Justiça da Comarca de Pimenta Bueno esteve na Centro Tecnológico Estadual (Centec) Abaitará para acompanhar, in loco, estudos quanto a viabilidade técnica para a implantação de passagem/travessia de animais silvestres na RO-010, trecho que abrange a Reserva Ambiental Parque Municipal de Pimenta Bueno.

LEIA MAIS Ministério Público realiza diligências para averiguar a implantação de travessia de animais silvestres na RO-010
Especialistas colheram amostras do animal - Divulgação / Ceclimar/Ufrgs

Especialistas consideram eutanásia em baleia-jubarte encalhada em Mostardas, RS

Pesquisadores do Centro de Estudos Costeiros, Limnológicos e Marinhos da UFRGS (Ceclimar) avaliam, junto com integrantes de outros órgãos ambientais, a possibilidade de realizar eutanásia na baleia-jubarte (Megaptera novaeangliae) encalhada desde quarta-feira (27) nas areias de Mostardas, no litoral médio do Rio Grande do Sul.

LEIA MAIS Especialistas consideram eutanásia em baleia-jubarte encalhada em Mostardas, RS