Banhistas se mobilizam para salvar duas baleias encalhadas em diferentes praias do Nordeste

Banhistas se mobilizam para salvar duas baleias encalhadas em diferentes praias do Nordeste

Banhistas de duas diferentes praias do litoral baiano se mobilizaram, nesta semana, para salvar duas baleias encalhadas. As baleias eram da espécie jubarte, que costumam visitar o litoral brasileiro nesta época do ano.

Na última terça-feira (1º), um filhote de baleia-jubarte encalhou na Praia de Itapuã, em Salvador. O Corpo de Bombeiros e veterinários foram acionados para tentar salvar o animal. Depois de quatro horas de trabalho, a baleia foi devolvida ao mar com vida. Nas redes sociais, há vídeos que mostram o esforço das pessoas para carregar o filhote. “Ela está respirando”, diz um homem que tenta ajudar.

Baía de Camamu

Também na terça-feira, outra baleia-jubarte foi encontrada encalhada na Baía de Camamu. O Instituto Baleia Jubarte foi notificado da ocorrência. De acordo com o instituto, os moradores foram até o local para tentar desencalhar o animal, contudo não conseguiram e ela acabou morrendo. Este foi o oitavo encalhe de baleia na Bahia somente este ano.

Por que as baleias jubartes estão encalhando no Nordeste?

A baleia-jubarte é uma espécie que migra anualmente das regiões polares para as águas tropicais e subtropicais, onde se reproduz e cuida dos filhotes. No Brasil, a temporada de baleia jubarte vai de julho a novembro, e atrai muitos turistas que querem observar os animais. No entanto, os encalhes são um risco para a sobrevivência da espécie, que já foi ameaçada de extinção pela caça predatória.

A tabela abaixo mostra os locais que as baleias já encalharam este ano.

Estado Número de baleias encalhadas
RS 01
SC 03
PR 01
SP 02
RJ 06
ES 08
BA 08
AL 02

Fonte: NE9