Animais morreram próximo a cerca de fazenda, em Aparecida do Taboado (MS). — Foto: Site Costa Leste News

Queda de raio mata 21 animais em fazenda de MS: ‘Foi triste ver todos eles mortos’, diz produtor

A queda de um raio matou 21 cabeças de gado em uma propriedade rural de Aparecida do Taboado, a 444 km de Campo Grande. De acordo com o produtor Nelson Bernal Salvador, os animais foram enterrados nessa quinta-feira (21), um dia após serem atingidos pela descarga elétrica.

“Há 28 anos morando aqui, foi a primeira vez que vi a criação ser atingida por um raio. ‘Foi triste ver todos eles mortos”, explica ao G1.

Segundo Nelson, os prejuízos por conta da morte dos animais de cruzamento industrial, podem chegar a R$ 50 mil, mas afirma que poderia ter sido bem maior.

“No dia em que parte deles foram atingidos pelo raio, no pasto, tinham 150 cabeças de gado, os que morreram estavam próximos da cerca”, lamenta.

Produtor lamenta morte de 21 cabeças de gado por conta de raio, em Aparecida do Taboado (MS). — Foto: Site Costa Leste News
Produtor lamenta morte de 21 cabeças de gado por conta de raio, em Aparecida do Taboado (MS). — Foto: Site Costa Leste News

De acordo com o produtor, uma imensa valeta foi aberta no pasto em que o gado foi atingido pela descarga elétrica. Foram usados dois tratores e uma máquina cedida pela prefeitura para ajudar no enterro dos animais.

Animais foram enterrados em uma valeta aberta no mesmo pasto em que foram atingidos por raio. — Foto: Site Costa Leste News
Animais foram enterrados em uma valeta aberta no mesmo pasto em que foram atingidos por raio. — Foto: Site Costa Leste News

Fonte: G1


Nota do Olhar Animal: Os animais mortos eram explorados para reprodução. Soa hipócrita o comentário do produtor de que é “triste ver todos mortos”, como se não fosse o responsável pela morte que viria tão logo este animais deixassem de ser “produtivos”. Sem contar a morte de todos os seus descendentes em abatedouros. A única “tristeza”

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.