Sem água para os humanos?

A situação é desesperadora. A catástrofe está diante da cara de cada um de nós. Basta puxar o véu que ainda a encobre, porque toda gente ouve as notícias da falta de água que levará ao colapso das usinas hidrelétricas como se fosse algo acontecendo a uma personagem da novela, não a si próprio.
LEIA MAIS Sem água para os humanos?

‘Amor’ aos cavalos pode atrofiar e encurtar a vida deles

Lendo muito sobre a arte de torturar cavalos forçando-os a puxarem cargas ou a levá-las sobre o lombo cheio de hematomas, com os joelhos doendo, os músculos estirados, a boca ferida, o estômago com úlceras e as patas com objetos encravados… E dê-lhe chicote para forçar o animal a galopar no redemoinho de tantas dores sofridas em silêncio, porque se relinchar o predador dá cabo dele, e ele sabe disso. Só os humanos não sabem que o cavalo sabe de tudo o que estão fazendo ao corpo dele, porque é ele quem está ali, sujeito da dor, sujeitado à ela.
LEIA MAIS ‘Amor’ aos cavalos pode atrofiar e encurtar a vida deles
SONIA 10394093 10205419232421841 3268403186024438750 n thumb

Cavalo deitado ao seu lado é cavalo feliz!

Alexander Nevzorov, o maior estudioso de cavalos, que aboliu a monta em sua Nevzorov Haute École, porque montar lesa os tecidos do lombo do animal e não acrescenta superioridade ou dignidade alguma ao animal que o monta, afirma que ter um cavalo a deitar-se nas proximidades de qualquer outro animal, mas especialmente dos predadores humanos, é a forma de o cavalo dizer que confia nessa pessoa, que não tem medo dela, que se sente seguro em sua companhia, na sua presença.
LEIA MAIS Cavalo deitado ao seu lado é cavalo feliz!

Tanto leite tirado de sofrimento silenciado

Olha o que eu leio, quando leio uma notícia dessas, de uma fazenda de confinamento de vacas em São Paulo (justamente onde a água não está mais em abundância) que mostra parte dos números, a extração de 70 mil litros de leite por dia, e omite a outra parte, grossa, brutal, desumana, cruel para com as vacas e os vitelos nascidos nesse “carrossel” da dor e da agonia: essa fazenda devasta 35 toneladas de grãos e cereais, 140 toneladas de forragens e 60,760 milhões de litros de água por dia, para produzir nas vacas esse leite todo, extrair delas todo esse leite e processar essas 70 toneladas de leite diariamente.
LEIA MAIS Tanto leite tirado de sofrimento silenciado
SONIA 7618682621121005315 n thumb

Alma, razão e senciência nos animais

No livro Acertos abolicionistas publiquei um texto (A dignidade dos cadáveres e lugares sagrados, p. 55) abordando a proibição do bispo D. Odilo de enterrar animais de estimação junto com seus pais adotivos nos cemitérios humanos. Para esse bispo da Igreja Católica, fazer isso tira a dignidade dos humanos. Comer cadáveres não tira, mas enterrar os cadáveres dos animais amados junto com o cadáver de quem os amou tiraria. 
LEIA MAIS Alma, razão e senciência nos animais
SONIA 1276165138152646837 n thumb

Dor silenciada até a morte

Nem tudo o que causa imensa dor aos cavalos, usados para tração e atração turística, ou montados por esse mundo afora, se pode ver em fotos. As fotos mostram muitos sinais que evidenciam a tortura sofrida pelo animal. Mas há lesões internas que fotos não podem mostrar, é preciso exames médicos.
LEIA MAIS Dor silenciada até a morte
Freio na boca do cavalo serve para quê? Explicações de Alexander Nevzorov

Freio na boca do cavalo serve para quê? Explicações de Alexander Nevzorov

Alexander Nevzorov, em seu livro The horse crucified and risen, ao alertar para a baba grossa escorrendo da boca de um cavalo com ferro plantado na cavidade bucal, pressionando a língua, refere-se a ele como “um aparato especial para infligir muita dor” ao animal, um “pesadelo” para o cavalo, pois a “causa dessa baba grossa é trágica”. [p. 10]

LEIA MAIS Freio na boca do cavalo serve para quê? Explicações de Alexander Nevzorov